Desenvolvimento do judô paralímpico na extensão universitária: um estudo de caso

Autores

  • Gustavo Bordin Schumacher Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)
  • Felippe Marchetti Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)
  • Janice Zarpellon Mazo Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)

DOI:

https://doi.org/10.36453/2318-5104.2018.v16.n1.p117

Palavras-chave:

Judô paralímpico, Extensão universitária, Gestão esportiva

Resumo


Este estudo tem como objetivo investigar qual a relação do Projeto de extensão universitária Bugre Lucena (PBL) da ESEFID/UFRGS no desenvolvimento do judô paralímpico no Rio Grande do Sul, além de analisar a modalidade desenvolvida no projeto. A pesquisa se caracteriza como descritiva do tipo estudo de caso, realizada através de análise documental dos relatórios do PBL da ESEFID/UFRGS e projetos correlatos, além dos boletins oficiais da CBDV e do CPB. Os dados coletados referentes aos anos de 2005 a 2017 foram categorizados utilizando como ferramenta de análise os nove pilares que levam ao sucesso esportivo internacional do modelo SPLISS. A prática do judô paralímpico no Rio Grande do Sul foi introduzida através do PBL em parceria com a ACERGS, sendo a ACERGS/UFRGS a única equipe de judô paralímpico do Estado vinculada a CBDV. Este estudo demonstra que a vinculação do judô paralímpico com projetos de extensão universitária pode ser um meio de viabilizar a prática esportiva de forma estruturada (da iniciação esportiva ao alto rendimento), com a utilização das instalações esportivas e dos recursos humanos (suporte técnico) oriundos da universidade. Além dos estudantes adquirirem tal experiência na sua formação acadêmica, as entidades com poucos recursos financeiros podem oferecer a modalidade aos seus associados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Bordin Schumacher, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)

Programa de Pós-Graduação de Ciências do Movimento Humano

Felippe Marchetti, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)

Programa de Pós-Graduação de Ciências do Movimento Humano

Janice Zarpellon Mazo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)

Programa de Pós-Graduação de Ciências do Movimento Humano

Referências

ASSOCIAÇÃO DE CEGOS DO RIO GRANDE DO SUL. ACERGS. Disponível em <http://acergs.org.br//>. Acesso em: 24 fev. 2018.

BRASIL. Rede Nacional do Esporte. Disponível em: <http://www.brasil2016.gov.br/pt-br/megaeventos/paraolimpiadas/modalidades/judo>. Acesso em: 24 fev. 2018.

BROUWERS, J; SOTIRIADOU, P.; DE BOSSCHER, V. Sport-specific policies and factors that influence international success: The case of tennis. Sport Management Review, v. 18, n. 3, p. 343-358, 2015.

BUGRE LUCENA, Relatório ação de extensão, 2005.

BUGRE LUCENA, Relatório ação de extensão, 2017.

CAMPANI, D. B.; KRUMEL, V. F.; SCHNEIDER, W. A. Judô para portadores de deficiência visual. Disponível em: <http://congressoanterior.redeunida.org.br/resumos/RE1199-1.pdf>. Acesso em: 24 fev. 2018.

COLWIZ. Olympics Research Medals. Disponível em <https://www.wizdom.ai/dashboards/olympics-research/judo>. Acesso em: 26 fev. 2018.

COMITÊ PARALÍMPICO BRASILEIRO. CPB. Disponível em <http://www.cpb.org.br/>. Acesso em: 26 fev. 2018.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE DEPORTOS DE DEFICIENTES VISUAIS. CBDV. Disponível em <http://cbdv.org.br/>. Acesso em: 24 fev. 2018.

DE BOSSCHER, V. SHIBLI, S. WESTERBEEK, H. VAN BOTTENBURG, M. Successful elite sport policies: an international comparison of the sports Policy Factors Leading to International Sporting Success (SPLISS 2.0) in 15 nations. Meyer & Meyer Sport. UK, 2015.

DE BOSSCHER, V.; DE KNOP, P.; VAN BOTTENBURG, M. SHIBLI, S. A Conceptual Framework for Analyzing Sports Policy Factors Leading to International Sporting Success. European Management Quarterly, v.6, n. 2, p. 185-215, jun. 2006.

GONÇALVES, E. P. Conversas sobre iniciação à pesquisa científica. Campinas, SP: Editora Alínea, 2007.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. IBGE, 2010. Disponível em: <https://censo2010.ibge.gov.br/>. Acesso em: 26 fev. 2018.

INTERNATIONAL BLIND SPORT FEDERATION. IBSA. Disponível em <http://www.ibsasport.org>. Acesso em: 24 fev. 2018.

INTERNATIONAL PARALYMPIC COMITE. IPC. Disponível em <https://www.paralympic.org//>. Acesso em: 23 abr. 2017.

JUDÔ PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS, Relatório ação de extensão, 2006.

LUME. Repositório Digital da UFRGS. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/98741 >. Acesso em: 23 abr. 2017

MAZZEI, L. C. Judô de alto rendimento: fatores organizacionais que influenciam o sucesso esportivo internacional. (2015) 166f Tese (Doutorado em Biodinâmica do Movimento Humano) - Escola de Educação Física e Esporte, Universidade de São Paulo, São Paulo

PARA-SPORT POLICY FACTORS LEADING TO INTERNATIONAL SPORTING SUCESS. Para-SPLISS. Disponível em <http://www.vub.ac.be/SBMA/sites/default/files/PARA%20SPPLISS%202%20Pager.pdf >. Acesso em: 24 fev. 2018.

PREPARAÇÃO FÍSICA PARA DEFICIENTES VISUAIS. Relatório ação de extensão, 2013.

PRO-REITORIA DE EXTENSÃO UFRGS. Bolsas. Disponível em <https://www.ufrgs.br/prorext/apoio-a-extensao/bolsas/>. Acesso em: 26 fev. 2018.

SOTIRIADOU, P.; GROWTHORP L.; DE BOSSCHER, V. Elite sport culture and policy interrelationships: the case of Sprint Canoe in Australia. Leisure Studies, v. 33, n. 6, p. 598-617, 2013.

SOUZA, D. L.; SILVA, M. M.; MOREIRA, T.S. “O perfil da produção científica online em português relacionada às modalidades olímpicas e paralímpicas”. Revista Movimento, Porto Alegre, v.22, n.4, 1105-1120, out/dez de 2016.

SPORTS POLICY FACTORS LEADING TO INTERNATIONAL SPORTING SUCCESS. SPLISS. Disponível em: <http://www.spliss.be/>. Acesso em: 24 fev. 2018.

TRUSZ, R. A., NUNES, A. V. A evolução dos esportes de combate no currículo do Curso de Educação Física da UFRGS. Movimento, v. 13, n. 1, p. 179-204, janeiro/abril, 2007.

TRUYENS, J.; DE BOSSCHER, V; HEYNDELS, B.; WESTERBEEK, H. A resourcebased perspective on countries competitive advantage in elite athletics. International. Journal of Sport Policy and Politics, v. 6, n. 3, p. 459-489, 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. UFRGS. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/esefid/site/noticia/328_Projeto_Bugre_Lucena_de_Jud_E_nas_Paralimp_Aadas_do_Rio_2016>. Acesso em: 24 fev. 2018

VIEIRA, C. de S. Judô paraolímpico: manual de orientação para professores de educação física / Carmelino de Souza Vieira, Walter Russo de Souza Júnior - Brasília: Comitê Paraolímpico Brasileiro, 2006. 31p. il.

YIN, R. K. Estudo de caso – planejamento e métodos. (2Ed.). Porto Alegre: Bookman. 2001.

Downloads

Publicado

18-06-2018

Como Citar

SCHUMACHER, G. B.; MARCHETTI, F.; MAZO, J. Z. Desenvolvimento do judô paralímpico na extensão universitária: um estudo de caso. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 16, n. 1, p. 117–127, 2018. DOI: 10.36453/2318-5104.2018.v16.n1.p117. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/19289. Acesso em: 27 nov. 2021.