Perfil da aptidão física em crianças e adolescentes praticantes de mini tênis em Jacarezinho (PR)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36453/2318-5104.2020.v18.n2.p19

Palavras-chave:

aptidão física, esportes com raquetes, tênis.

Resumo


INTRODUÇÃO: Dentre as modalidades de esporte, cada uma tem suas exigências particulares e requerem características e habilidades especificas, que delimitam o comportamento motor de uma criança.OBJETIVO: Identificar e comparar o perfil da aptidão física relacionada ao desempenho motor e à saúde em estudantes de 6 a 13 anos de idade praticantes de mini tênis. MÉTODOS: Pesquisa transversal, realizada com 132 estudantes (72 meninas e 60 meninos), praticantes de mini tênis. Avaliou-se a massa corporal (kg), estatura (cm) e circunferência da cintura (cm). Em seguida, aplicou-se os testes motores da bateria do Proesp (2016): índice de massa corporal (IMC), relação cintura/estatura (RCE), teste de sentar e alcançar, teste de corrida/caminhada dos 6 minutos, abdominal em 1 minuto, arremesso da medicineball, salto horizontal, teste de agilidade do quadrado e corrida de 20 metros. Após, os dados foram tratados por meio do SPSS, versão 26.0. Utilizou-se os testes de U de Mann-Whitney, Kolmogorov-Smirnov e Qui-quadrado (χ2).RESULTADOS: Os resultados não foram satisfatórios para IMC, flexibilidade (sexo masculino), agilidade e velocidade. Entretanto, nos testes de força explosiva de membros inferiores e força explosiva de membros superiores, ambos os sexos atenderam aos critérios de desempenho.CONCLUSÃO: Este estudo encontrou diferenças entre os sexos nas variáveis de flexibilidade e força-resistência abdominal. Após um ano de prática de mini tênis, a aptidão física dos escolares avaliados está abaixo do esperado, visto que, o IMC está elevado para a idade e o desempenho nos testes de agilidade e velocidade (essenciais para o mini tênis) não foi positivo.ABSTRACT. Profile of physical fitness in children and adolescents practicing mini tennis in Jacarezinho, PR, Brazil.BACKGROUND: Among the sports modalities, each one has its particular requirements and require specific characteristics and skills, which delimit a child’s motor behavior.OBJECTIVE: To identify and compare the profile of physical fitness related to motor performance and health in students from 6 to 13 years old who practice mini tennis.METHODS: Cross-sectional survey, carried out with 132 students (72 girls and 60 boys), who practice mini tennis. Body mass (kg), height (cm) and waist circumference (cm) were evaluated. Then, the motor tests of the Proesp battery (2016) were applied: body mass index (BMI), waist/height ratio (WHR), sit and reach test, 6-minute running/walking test, one-minute sit-up test, medicineball pitch, standing long jump test, square agility test and 20 meter dash run test. Afterwards, the data were treated using SPSS, version 26.0. Mann-Whitney U tests (median), Kolmogorov-Smirnov and Chi-square (χ2) were used. RESULTS: The results were not satisfactory for BMI, flexibility (male), agility and speed. However, in the tests of explosive strength of lower limbs and explosive strength of upper limbs, both sexes met the performance criteria.CONCLUSION: This study found differences between the sexes in the variables of flexibility and abdominal strength-resistance. After a year of practicing mini tennis, the physical fitness of the students evaluated is below expectations, since the BMI is high for age and the performance in the agility and speed tests (essential for mini tennis) was not positive.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Évelin Bandeira Lima, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Doutora em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP.

Referências

BRUSTOLIN, M. Tênis no Brasil: história, ensino e ideias. Rio de Janeiro: Editora Sprint, 1995.

CHIMINAZZO, J. G. C.; AZZI, R. G. Atividades competitivas e “esgotamento” (burnout) no tênis de campo infanto-juvenil. Tênis de campo: temas em debate. Taubaté: Cabral, p. 71-84, 2005.

CONTREIRA, A. R.; PIZZO, G. C; ROCHA, F. F. d.; LAZIER-LEÃO, T. R.; CARUZZO, A. M.; COPETTI, F.; BELTRAME, T. S. Perfil de aptidão física relacionada a saúde em adolescentes. Saúde e Pesquisa, Maringá, v. 9, n. 2, p. 309-315, 2016.

COSTA, N. L. da. Mini-Tênis na Educação Física Escolar. 2019. 49f. TCC (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2019.

DJOKIĆ, Z.; MUNIVRANA, G.; LEVAJAC, D. Anthropometric characteristics of top-class World and European male table tennis players. EUROPE, [s.l.], v. 44, n. 1, p. 170-5, 2019.

DORNELES, R. C. G.; OLIVEIRA, H. L. R.; BERGMANN, M. L. de A.; BERGMANN, G. G. Flexibility and muscle strength/resistance indicators and screening of low back pain in adolescents. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, Florianópolis, v. 18, n. 1, p. 93-102, 2016.

DUMITH, S. C.; RAMIRES, V. V.; SOUZA, M. J. A.; MORAES, D. S.; PETRY, F. G.; OLIVEIRA, E. S.; ... ; MARQUES, A. C. Aptidão física relacionada ao desempenho motor em escolares de sete a 15 anos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 24, n. 1, p. 5-14, 2010.

DURIGAN, J. Z.; DOURADO, A. C.; SANTOS, A. H. dos; CARVALHO, V. A. Q.; RAMOS, M.; STANGANELLI, L. C. R. Efeitos do treinamento pliométrico sobre a potência de membros inferiores e a velocidade em tenistas da categoria juvenil. Revista da Educação Física, Maringá, v. 24, n. 4, p. 617-26, 2013.

GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C.; GOODWAY, J. D. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. Porto Alegre: AMGH, 2013.

GAYA, A. C. A.; SILVA, G. M. G. de; CARDOSO, M. F. de S.; CARDOSO, L. T. Talento esportivo: estudo de indicadores somatomotores na seleção para o desporto de excelência. Revista Perfil, Porto Alegre, v. 6, n. 6, p. 86-96, 2002.

GODOI FILHO, J. R. de M.; FARIAS, E. da S. Aptidão física de escolares do sudoeste da Amazônia Ocidental em diferentes estágios de maturação sexual. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 29, n. 4, p. 631-9, 2015.

HAYWOOD, K. M.; GETCHELL, N. Desenvolvimento Motor ao Longo da Vida. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

HENKES, C. M.; BORFE, L.; MURADÁS, R.; TORNQUIST, L.; BURGOS, M. S. Aptidão física relacionada ao desempenho de escolares: estudo comparativo dos hemisférios norte-sul-leste–oeste da zona rural de Santa Cruz do Sul - RS. Cinergis, Santa Cruz do Sul, v. 14, n. 4, p. 206-209, 2013.

ITF. International Tennis Federation. Minitênis. 1993. Disponível em: <http://www.tennisplayandstay.com/#Progression&gt> Acessado em: 08 de junho de 2020.

KOVACS, M. S. Applied physiology of tennis performance. British Journal of Sports Medicine, Loughborough, v. 40, n. 5, p. 381-6, 2006.

LUZ, M. L. P. da; FILLIPIN, L.; ZACOUTEGUY, F.; LUIZ, G.; DE PAULA, P. A.; SOUZA, G. da S. Indicadores de níveis de aptidão física em crianças e adolescentes de um projeto de iniciação ao tênis de campo. Lecturas: Educación Física y Deportes, Revista Digital, Buenos Aires, v. 13, n. 123, 2008. Disponível em: <https://www.efdeportes.com/efd123/niveis-de-aptidao-fisica-em-criancas-e-adolescentes-tenis-de-campo.htm>. Acessado em: 13 de abril de 2020.

MAHN, P. A.; GAVIÃO, M. B. A influência do treinamento resistido em atletas de tênis de campo. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, João Pessoa, v. 8, n. 24, p. 3-7, 2010.

MALINA, R. M.; BOUCHARD, C. Atividade física do atleta jovem: do crescimento à maturação. São Paulo: Roca, 2002.

MALINA, R. M.; BOUCHARD, C.; BAR-OR, O. Crescimento, maturação e atividade física. São Paulo: Phorte, 2009.

MARTIN, R. H. C.; UEZU, R.; PARRA, S. A.; ARENA, S. S.; BOJIKIAN, L. P.; BOHME, M. T. S. Auto-avaliação da maturação sexual masculina por meio da utilização de desenhos e fotos. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 15, n. 2, p. 212-22, 2001.

MASCARENHAS, L. P. G.; FERREIRA, A. B.; LIMA, V. d. A. d. L.; GRZELCZAK, M.T. Estudo comparativo da aptidão física entre crianças de escola pública e particular: uma visão regional. Cinergis, Santa Cruz do Sul, v. 14, n. 3, p. 157-160, 2013.

MELLO, J. B.; HERNANDEZ, M. d. S.; FARIAS, V. M.; PINHEIRO, E. d. S.; BERGMANN, G. G. Aptidão física relacionada ao desempenho motor de adolescentes de Uruguaiana, Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, São Paulo, v. 23, n. 4, p. 72-9, 2015.

MONTORO, A. P. P. N.; LEITE, C. R.; ESPÍNDOLA, J. A.; ALEXANDRE, J. M.; REIS, M. d. S.; CAPISTRANO, R.; ... ; BELTRAME, T. S. Aptidão física relacionada à saúde de escolares com idade de 7 a 10 anos. ABCS Health Sciences, Santo André, v. 41, n. 1, p. 29-36, 2016.

PELEGRINI, A.; SILVA, D. A. S.; PETROSKI, E. L.; GLANER, M. F. Aptidão física relacionada à saúde de escolares brasileiros: dados do projeto esporte Brasil. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 17, n. 2, p. 92-6, 2011.

PROESP. Projeto Esporte Brasil. Manual. Porto Alegre. 2016. Disponível em: <https://www.proesp.ufrgs.br> Acesso em: 16 de janeiro de 2020.

ROGOL, A. D.; ROEMMICH, J. N.; CLARK, P. A. Growth at puberty. Journal of Adolescent Health, New York, v. 31, n. 6, p. 192-200, 2002.

SCHLUGA FILHO, J. L.; RIBAS, M. R.; NOGUEIRA, L. d. O.; ANDRADE JÚNIOR, C. d.; FERNANDES, P.; BASSAN, J. C. Motor and morphological profile of tennis players from 11 to 15 years old. Revista Andaluza de Medicina del Deporte, Barcelona, v. 9, n. 3, p. 114-8, 2016.

SAGRILO JUNIOR, C.; REIS, G. R. d.; JAEGER, D. B.; SIQUEIRA, O.D.; CRESCENTE, L. A.; GARLIPP, D. C. Associação entre o sobrepeso e hipertensão arterial em crianças e adolescentes. Cinergis, Santa Cruz do Sul, v. 17, n. 2, p. 125-8, 2016.

SCHLUGA FILHO, J. L.; RIBAS, M. R.; NOGUEIRA, L. d. O.; ANDRADE JUNIOR, C. d.; FERNANDES, P.; BASSAN, J. C. Perfil motor y morfológico de jugadores de tenis de 11 a 15 años de edad. Revista Andaluza de Medicina del Deporte, Barcelona, v. 9, n. 3, p. 114-8, 2016.

SCHUBERT, A.; JANUÁRIO, R. S. B.; CASONATTO, J. SONOO, C. N. Aptidão física relacionada à prática esportiva em crianças e adolescentes. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 142-6, 2016.

SILVA, T. R.; CONTENÇAS, T. S.; MARQUES, A. Avaliação do desenvolvimento motor em crianças praticantes e não praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício, São Paulo, v. 16, n. 4, p. 208-14, 2017.

SILVA, V. C.; TEIXEIRA, F. A. A.; ALVES, F. R.; SOUZA, E. A. de. Análise de aptidão física de adolescentes praticantes de futsal. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, São Paulo, v. 9, n. 34, p. 250-7, 2017.

SOUZA, W. C. d.; BONETTE, A.; SMOLAREK, A. d. C.; SOUZA JUNIOR, T. P. d.; MASCARENHAS, L. P. G. Avaliação da velocidade, agilidade e força de membros inferiores de adolescentes praticantes de tênis de campo. VIREF Revista de Educación Física, Medellin, v. 6, n. 3, p. 1-8, 2017.

VENÂNCIO, P. E. M.; SILVA, J. P. d. S.; RIBEIRO, H. L.; SOARES, V.; SANTANA, F.; TOLENTINO, G. P. Aptidão física em adolescentes praticantes de futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, São Paulo, v. 10, n. 36, p. 41-8, 2018.

Downloads

Publicado

31-07-2020

Como Citar

BANDEIRA LIMA, F. Évelin; FERREIRA LIMA, W.; COCO, M. A.; BANDEIRA LIMA, F.; DA SILVA LIMA, S. B. Perfil da aptidão física em crianças e adolescentes praticantes de mini tênis em Jacarezinho (PR). Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 18, n. 2, p. 19–24, 2020. DOI: 10.36453/2318-5104.2020.v18.n2.p19. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/24588. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Esportes de Raquete