O lugar da cultura negra, afro-brasileira e indígena nas aulas de Educação Física

Autores

  • Daniel Teixeira Maldonado Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFECT) https://orcid.org/0000-0002-0420-6490
  • Marcos Garcia Neira Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.36453/cefe.2021.n3.26982

Palavras-chave:

Educação Física, Educação Antirracista, Educação Básica.

Resumo


OBJETIVO: Analisar como professores e professoras de Educação Física em atuação na Educação Básica abordam os conhecimentos da cultura negra, afro-brasileira e indígena. MÉTODOS: Do ponto de vista metodológico, procedeu-se a pesquisa bibliográfica em periódicos científicos da Educação Física e da Educação e em capítulos de livros, entre os anos de 2009 e 2019, por conta da disseminação de experiência pedagógicas publicadas na literatura da área. RESULTADOS: Foram analisados 34 relatos publicados entre os anos 2009 e 2019, em cinco periódicos científicos indexados no Qualis da Educação Física ou da Educação, que possuem no seu escopo a intencionalidade de disseminar experiências pedagógicas, além de 16 livros que apresentam capítulos relacionados com o cotidiano do componente curricular. A interpretação dos dados foi realizada por meio da análise cultural Muitos docentes de Educação Física desenvolveram projetos educativos tematizando práticas corporais da cultura negra, afro-brasileira e indígena e problematizando os aspectos sociais, históricos, políticos e econômicos que atravessam essas manifestações da cultura corporal. CONCLUSÃO: É possível observar experiências político-pedagógicas em uma perspectiva antirracista na Educação Física.ABSTRACT. The place of black, afro-brazilian and indigenous culture in School Physical Education ClassesOBJECTIVE: Analyze how Physical Education teachers who teach in Basic Education and publish their educational experiences mention developing the knowledge of black, afro-brazilian and indigenous culture in their classes. METHODS: From a methodological point of view, bibliographical research was carried out in scientific journals of Physical Education and Education and in book chapters, between 2009 and 2019, due to the dissemination of pedagogical experience published in the literature in the area. RESULTS: 34 reports published between the years 2009 and 2019 were analysed, in five scientific journals indexed in the Physical Education or Education qualifications, which have in their scope the intention of disseminating knowledge about the structuring of the teaching pedagogical work, in addition to 16 books that present chapters related to the daily life of the curricular component. Data interpretation was performed through cultural analysis. We can say that many Physical Education teachers developed educational projects focusing on diverse body practices of black, afro-brazilian and indigenous culture and problematizing the social, historical, political and economic aspects that cross these manifestations of body culture. CONCLUSION: It is possible to observe political-pedagogical experiences in an anti-racist perspective in School Physical Education classes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Teixeira Maldonado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFECT)

Doutor em Educação Física pela Universidade São Judas. Pós-Doutor em Educação pela USP.  Professor de Educação Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Marcos Garcia Neira, Universidade de São Paulo (USP)

Livre-Docente em Metodologia do Ensino de Educação Física. Professor Titular da Faculdade de Educação da USP. Coordenador do Grupo de Pesquisas em Educação Física escolar da FEUSP (www.gpef.fe.usp.br)

Referências

AGUIAR, C. A.; NEIRA, M. G. Nesta escola tem samba. Instrumento, Juíz de Fora, v. 16, n. 2, p. 272-278, 2014.

ALENCAR FILHO, A. A cultura corporal afro e afro-brasileira como identidade cultural: no Instituto Federal do Pará – campus Tucuruí. In: PEREIRA, M. P. S. S. (Org.) Experiências de intervenção pedagógica na educação física escolar. Goiânia: Espaço Acadêmico, 2018. p. 17-38.

ANDRADE, L. C. Prática pedagógica histórico-crítica e educação física: uma experiência com os jogos indígenas e africanos. Cadernos de Formação RBCE, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 70-82, 2019.

ARAUJO, I. A. Temática indígena na escola: potencialidades do currículo para o enfrentamento da colonialidade. Currículo sem Fronteiras, Porto Alegre, v. 14, n. 3, p. 181-207, 2014.

BINS, G. N.; MOLINA NETO, V. Mojuodara: uma possibilidade de trabalho com as questões étnico-raciais na educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 29, n. 3, p. 247-53, 2017.

BOCCHINI, D. Do batuque à identidade nacional: o samba na Educação Física Escolar. In: FARIAS, U. S.; NOGUEIRA, V. A.; MALDONADO, D. T. (Orgs.) Práticas pedagógicas inovadoras nas aulas de educação física escolar: indícios de mudanças. Curitiba: CRV, 2017. p. 171-82.

BONETTO, P. X. R. Brincadeiras de “todo o mundo”? inspirações pós-coloniais na Educação Física. In: MALDONADO, D. T.; NOGUEIRA, V. A.; FARIAS, U. S. (Orgs.) Os professores como intelectuais: novas perspectivas didático-pedagógicas na educação física escolar brasileira. Curitiba: CRV, 2018. p. 213-230.

BONETTO, P. X. R. Capoeira e Maculelê: aprofundando e ampliando o conhecimento dos alunos sobre as práticas corporais afro-brasileiras. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação Física cultural: relatos de experiência. Jundiaí (SP): Paco, 2018. p. 168-83.

COELHO, M. C.; ROCHA, L. O. O nosso “inédito viável”: diálogos sobre o lugar da educação física escolar. Revista Brasileira de Educação Física Escolar, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 8-21, 2019.

COELHO, M. C.; ROCHA, L. O.; NUNES, L. O.; MÜLLER, K. A.; CONCEIÇÃO, V. J. S.; BOSSLE, F. Negritude, pedagogia crítica e Educação Física Escolar: uma possibilidade de diálogo entre Aimé Césaire e Paulo Freire. In: BOROWSKI, E. B. V.; MEDEIROS, T. N.; BOSSLE, F. (Orgs.) Por uma perspectiva crítica na educação física escolar: ensaiando possibilidades. Curitiba: CRV, 2020. p. 143-52.

COLOMBERO, R. M. M. P. Samba: do corpo dominado pela chibata à alegria da alma. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: o currículo em ação. São Paulo: Labrador, 2017. p. 190-9.

CORSINO, L. N. Raça, gênero e a lei 10.639/03 no âmbito da Educação Física Escolar: percepções docentes. Revista Internacional Artes de Educar, Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, p. 247-62, 2015.

CORSINO, L. N. Vamos brincar de capoeira? Caminhos para a construção de uma educação física antirracista. In: OKIMURA-KERR, T.; ULASOWICZ, C.; VENÂNCIO, L.; SANCHES NETO, L. (Orgs.) Educação física no ensino fundamental I: perspectiva de sistematização dos blocos de conteúdos temáticos. Curitiba: CRV, 2017. p. 101-16.

CORSINO, L. N.; CONCEIÇÃO, W. L. Educação física escolar e relações étnico-raciais: subsídios para a implementação das Leis 10.639/03 e 11.645/08. Curitiba: CRV, 2016.

COSTA, T. B.; MATHIAS, E.; EHRENBERG, M. C. Em tempos de opressão: a cultura corporal negra resiste com luta e dança. In: SOUSA, C. A.; NOGUEIRA, V. A.; MALDONADO, D. T. (Orgs.) Educação física escolar e Paulo Freire: ações e reflexões em tempos de chumbo. Curitiba: CRV, 2019. p. 193-204.

CRUZ, A. M.; BARBOSA, C. V.; COLOMBO, G. L.; LEITE, I. P.; OLIVEIRA, L. C.; ROMÃO, N. I.; MANTOVANI, P. M. Lutando contra os preconceitos. In: NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. (Orgs.) Educação física cultural: escritos sobre a prática. Curitiba: CRV, 2016. p. 181-98.

DOMINGUES, P. Democracia e autoritarismo: entre o racismo e o antirracismo. In: VÁRIOS AUTORES. Democracia em risco? 22 ensaios sobre o Brasil hoje. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. p. 98-115.

FONSECA, T. N. É luta ou briga? Venha para a “roda” e vamos tentar entender! In: CORREIA, W. R.; RODRIGUES, B. M. (Orgs.) Educação física no ensino fundamental: da inspiração à ação. São Paulo: Fontoura, 2015. p. 201-20.

GOMES, N. L. Educação, relações étnico-raciais e a lei nº 10.639/03: breves reflexões. In: BRANDÃO, A. P. (Org.) Modos de fazer: cadernos de ativi-dades, saberes e fazeres. Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2010. p. 19-26.

GOMES, M. L. Relações étnico-raciais, educação e descolonização dos currículos. Currículo sem Fronteiras, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 98-109, 2012.

GRANDO, B. S.; PINHO, V. A. As questões étnico-raciais e a Educação Física: bases conceituais e epistemológicas para o reconhecimento das práticas corporais afro-brasileiras e indígenas. In: CORSINO, L. N.; CONCEIÇÃO, W. L. (Orgs.) Educação física escolar e relações étnico-raciais: subsídios para a implementação das Leis 10.639/03 e 11.645/08. Curitiba: CRV, 2016. p. 25-44.

GUAJAJARA, S. Educação indígena: esperança de cura para tempos de enfermidade. In: CÁSSIO, F. (Org.) Educação contra a barbárie: por escolas de-mocráticas e pela liberdade de ensinar. São Paulo: Boitempo, 2019. p. 171-174.

IRIAS, E. A. A sereia branquinha e a bruxa da diretora: um estudo das brincadeiras de faz de conta. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: o currículo em ação. São Paulo: Labrador, 2017. p. 61-72.

IRIAS, E. A. Huka-huka e derruba o toco: lutas indígenas nas aulas de Educação Física. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: relatos de experiência. Jundiaí: Paco, 2018. p. 50-8.

KRENAK, E. O indígena como usuário da lei: um estudo etnográfico de como o movimento da literatura indígena entende e usa a lei nº 11.645/2008. Caderno Cedes, Campinas, v. 39, n. 9, p. 321-56, 2019.

LIMA, I. T. G.; BRASILEIRO, L. T. A cultura afro-brasileira e a Educação Física: um retrato da produção do conhecimento. Movimento, Porto Alegre, v. 26, e-26022, 2020.

LINS RODRIGUES, A. C. Corpos e culturas invisibilizados na escola: racismo, aulas de Educação Física e insurgência multicultural. 2013. 237f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

MALDONADO, D. T. Educação física, ensino médio e práticas corporais: movimento de resistência contra a destruição da escola pública brasileira. In: NOGUEIRA, Va. A.; MALDONADO, D. T.; FARIAS, U. S. (Orgs.) Educação física escolar no ensino médio: a prática pedagógica em evidência 2. Curitiba: CRV, 2018. p. 119-32.

MALDONADO, D. T.; BOCCHINI, D. Educação física escolar e as três dimensões do conteúdo: tematizando os esportes na escola pública. Conexões, Campinas, v. 12, n. 2, p. 147-64, 2014.

MALDONADO, D. T.; NOGUEIRA, V. A. Educação física no ensino médio: experiências educativas inspiradas pelos ensinamentos freireanos. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v, 18, n. 1, p. 49-54, 2020.

MALDONADO, D. T.; COELHO, M. C. SOUZA, P. M. M.; BASTOS, J. M. V. Tematização dos jogos e brincadeiras nas aulas de educação física no ensino médio: experiências educativas em uma perspectiva intercultural e antirracista. Corpoconsciência, Cuiabá, v. 25, n. 1, p. 39-63, 2021.

MAZZONI, A. V.; REIS, R. Futebol americano: borrando fronteiras. In: NEIRA, M. G.; LIMA, M. E.; NUNES, M. L. F. (Orgs.) Educação física e culturas: ensaios sobre a prática. São Paulo: FEUSP, 2012. p. 127-45.

MELO, B. A.; PEIXOTO, S. F.; SIQUEIRA, A. C. S.; SANTOS, F.; ANDRADE, D.; SANTOS, A. S.; SÁ, N. A.; CONCEIÇÃO, V. F.; SILVA E SILVA, M.; MALDONADO, D. T. Educação física no ensino médio: valorizando o patrimônio cultural das práticas corporais. In: MALDONADO, D. T.; NOGUEIRA, V. A.; FARIAS, U. S. (Orgs.) Educação física escolar no ensino médio: a prática pedagógica em evidência. Curitiba: CRV, 2018. p. 185-200.

MEYER, D. E.; PARAÍSO, M. A. Metodologias de pesquisas pós críticas ou sobre como fazemos as nossas investigações. In: MEYER, D. E.; PARAÍSO, M. A. Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação. 2. ed. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2014. p. 17-24.

MILARÉ, C. S. V. Capoeira: identificando estereótipos. In: NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. (Orgs.) Praticando estudos culturais na educação física. São Caetano do Sul: Yendis, 2009. p. 84-91.

MOREIRA, L.; PERES, J. Atividades culturais indígenas na educação física escolar. Cadernos de Formação RBCE, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 89-93, 2019.

MOREIRA, V. S.; SANTOS, A. R.; FREIRE, E. S.; FILGUEIRAS, I. P. Conhecendo algumas brincadeiras indígenas na escola: um relato de experiência na Educação Infantil. In: MALDONADO, D. T.; NOGUEIRA, V. A.; FARIAS, U. S. (Orgs.) Os professores como intelectuais: novas perspectivas didático-pedagógicas na Educação Física Escolar brasileira. Curitiba: CRV, 2018. p. 197-212.

MOTA e SILVA, E. V.; MATTHIESEN, S. Q. Atletismo e ensino da história e cultua afro-brasileira: visão de professores de educação física participantes de um curso de extensão a distância. Movimento, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 119-32, 2018.

NASCIMENTO, A. O Genocídio do negro brasileiro. Processo de um racismo mascarado. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2016.

NASCIMENTO, J.; SOARES, G. Desmistificando a africanidade na educação física escolar. In: FARIAS, U. S.; NOGUEIRA, V. A.; MALDONADO, D. T. (Orgs.) Práticas pedagógicas inovadoras nas aulas de educação física escolar: indícios de mudanças. Curitiba: CRV, 2017. p. 129-140.

NERY, J. P. R. Capoeira é e não é. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: relatos de experiência. Jundiaí: Paco, 2018. p. 91-107.

NEVES, M. R. O maracatu nas aulas de Educação Física: exu, macumba e outras significações, o sangue de Jesus tem poder. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: o currículo em ação. São Paulo: Labrador, 2017. p. 163-77.

NEVES, M. R.; ESCUDERO, N. T. G. Zum Zum Zum Zum Capoeira Mara um? In: NEIRA, M. G.; LIMA, M. E.; NUNES, M. L. F. (Orgs.) Educação física e culturas: ensaios sobre a prática. São Paulo: FEUSP, 2012. p. 49-64.

NEVES, M. R.; VAGHETTI, F. C.; ANDRADE, B. C. Iê! Uma roda para lutar. In: NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F.; LIMA, M. E. (Orgs.) Educação física e culturas: ensaios sobre a prática. V. 2. São Paulo: FEUSP, 2014. p. 151-64.

NOBREGA, C. C. S. Os orixás na educação física antirracista: educando no combate à intolerância religiosa. Revista Brasileira de Educação Física Escolar, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 48-63, 2019.

NOBREGA, C. C. S. Por uma educação física antirracista. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 34, n. Esp., p. 51-61, 2020.

OLIVEIRA, L. F.; CANDAU, V. M. F. Pedagogia decolonial e educação antirracista e intercultural no Brasil. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 26, n. 1, p. 15-40, 2010.

PARAÍSO, M. A. Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação e currículo: trajetórias, pressupostos, procedimentos e estratégias analíticas. In: MEYER, D. E.; PARAÍSO, M. A. (Orgs.) Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação. 2. ed. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2014. p. 25-47.

REIS, R. Os diferentes sentidos da capoeira. In: NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. (Orgs.) Praticando estudos culturais na educação física. São Caetano do Sul: Yendis, 2009. p. 159-67.

REIS, R. “Macumbá, Saravá, solto um peido e sai fubá: rituais de passagem, Kuarup, e o Huka-Huka no 6º ano. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: relatos de experiência. Jundiaí: Paco, 2018. p. 195-207.

ROCHA, M. C.; OLIVEIRA, S. R. B.; MACHADO, T. S. Capoeira na educação infantil: brincando com os saberes da cultura afro-brasileira. In: NOGUEIRA, V. A.; FARIAS, U. S.; MALDONADO, D. T. (Orgs.) Práticas pedagógicas inovadoras nas aulas de educação física Escolar: indícios de mudanças 2. Curitiba: CRV, 2017. p. 49-62.

RODRIGUES, C. L.; NEIRA, M. G. Culturas Negras e Educação Física Escolar: tematizando o samba. In: CORSINO, L. N.; CONCEIÇÃO, W. L. (Orgs.) Educação física escolar e relações étnico-raciais: subsídios para a implementação das Leis nº 10.639/03 e nº 11.645/08. Curitiba: CRV, 2016. p. 71-90.

RODRIGUES, J. C. R.; ARAÚJO, A. M. M. Capoeira: entre nesse jogo de linguagens. In: OKIMURA-KERR, T..; ULASOWICZ, C.; VENÂNCIO, L.; SANCHES NETO, L. (Orgs.) Educação física no ensino fundamental I: perspectiva de sistematização dos blocos de conteúdos temáticos. Curitiba: CRV, 2017. p. 135-60.

SANTOS, I. L.; NEVES, M. R. Tematizando o frevo: diversidade, pluralidade ou diferença – o que está em jogo? In: NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. (Orgs.) Educação física cultural: escritos sobre a prática. Curitiba: CRV, 2016. p. 225-34.

SILVA, A. P. V.; CAETANO, A. A capoeira nas aulas de Educação Física: construindo possibilidades no Ensino Médio. In: KAWASHIMA, L. B.; MOREIRA, E. C. (Orgs.) Educação física no ensino médio: reflexões e práticas exitosas. Cuiabá-MT: EDUFMT Digital, 2020. p. 105-25.

SILVA JÚNIOR, W. S. Lutas diversificadas para a diversidade da Educação Física Escolar. In: NEIRA, M. G. (Org.) Educação física cultural: o currículo em ação. São Paulo: Labrador, 2017. p. 200-12.

SOARES, J. G.; LETTNIN, C. C. Hip Hop como proposta de trabalho na Educação Física Escolar: uma experiência no Ensino Médio do Colégio de Aplica-ção da UFRGS. Cadernos de Aplicação, Porto Alegre, v. 23, n. 2, p. 295-307, 2010.

TENÓRIO, J. G.; SILVA, C. L. Experiência pedagógica com jogos indígenas em aulas de educação física em uma escola pública do Estado do Mato Grosso. Instrumento, Juiz de Fora, v. 16, n. 2, p. 280-6, 2014.

WORTMANN, M. L. C. Análises culturais – um modo de lidar com histórias que interessa à educação. In: COSTA, M. V. (Org.) Caminhos investigativos II: outros modos de pensar e fazer pesquisa em educação. 2. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. p. 71-90.

Downloads

Publicado

01-09-2021

Como Citar

MALDONADO, D. T.; NEIRA, M. G. O lugar da cultura negra, afro-brasileira e indígena nas aulas de Educação Física. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 19, n. 3, p. 1–7, 2021. DOI: 10.36453/cefe.2021.n3.26982. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/26982. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Educação Física Escolar: desafios e possibilidades na atualidade