O cooperativismo paranaense e a responsabilidade social empresarial como fator de competitividade

Autores

  • Giane Maria Gibbert
  • Severino Antunes Bezerra

DOI:

https://doi.org/10.48075/revistacsp.v6i10.158

Palavras-chave:

Cooperativas, Responsabilidade social, Mudanças institucionais, Capital reputacional, Competitividade.

Resumo


As organizações, dentre elas as cooperativas, são um reflexo da realidade social de seu tempo, que força as organizações a lerem o que se passa no seu ambiente e a reelaborarem respostas direcionadas para os seus objetivos. Neste contexto, o ambiente e as mudanças institucionais, bem como novos marcos regulatórios nas questões ambientais e sociais têm induzido as empresas a desenvolverem ações visando a manter ou ganhar reputação. Nesse processo de busca da reputação, cresce a preocupação com o comportamento ético e socialmente responsável. Este trabalho analisa as dimensões de Responsabilidade Social Empresarial nas cooperativas do Paraná e apresenta a estas, novas abordagens para melhorarem sua responsabilidade sobre seus membros, quanto como uma opção às empresas de capital para também lutarem contra os atuais problemas sociais e manterem-se competitivas neste mercado globalizado.

Downloads

Publicado

13-08-2008

Como Citar

GIBBERT, G. M.; BEZERRA, S. A. O cooperativismo paranaense e a responsabilidade social empresarial como fator de competitividade. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, [S. l.], v. 6, n. 10, p. p. 75–88, 2008. DOI: 10.48075/revistacsp.v6i10.158. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/158. Acesso em: 20 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos