Cultura nacional e cultura organizacional

Autores

  • Odacir Miguel Tagliapietra
  • Geysler Rogis Flor Bertolini

DOI:

https://doi.org/10.48075/revistacsp.v6i10.160

Palavras-chave:

Cultura organizacional, Modelos mentais, Traço cultural.

Resumo


O estudo da cultura organizacional torna-se cada vez mais importante, na medida em que, com a facilidade de comunicação através do uso da tecnologia, países com culturas distintas cada vez mais trocam informações e mantêm intercâmbio comercial. Neste sentido, o sucesso em uma transação comercial depende do conhecimento dos hábitos e costumes para com isso, desenvolver produtos e serviços adequados à demanda. Como a cultura representa a base de valores aceito por uma sociedade, esses valores se refletem internamente nas organizações. A cultura forma a identidade organizacional que apresenta traços da sociedade onde está inserida. Neste sentido, o conhecimento dos hábitos e costumes da população de uma determinada região é fundamental para se entender certos comportamentos internalizados nas organizações, ou seja, os pressupostos básicos, os costumes, as crenças e valores e os artefatos que caracterizam a cultura das empresas trazem a marca da cultura nacional. A cultura organizacional define comportamentos específicos que direcionam a maneira como as pessoas devem agir, como as decisões são tomadas pelos administradores, qual o estilo de liderança adotado, maior ou menor centralização.

Downloads

Publicado

13-08-2008

Como Citar

TAGLIAPIETRA, O. M.; BERTOLINI, G. R. F. Cultura nacional e cultura organizacional. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, [S. l.], v. 6, n. 10, p. p. 89–98, 2008. DOI: 10.48075/revistacsp.v6i10.160. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/160. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos