Condicionantes sociais do comportamento eleitoral

Autores

  • José Otacílio da Silva
  • Rosana Kátia Nazzari

DOI:

https://doi.org/10.48075/revistacsp.v6i10.163

Palavras-chave:

Comportamento eleitoral, Condicionamentos sociais, Eleições 2004.

Resumo


Em pesquisa realizada anteriormente pelos autores, constatou-se que o nível capital social – confiança nas instituições e predisposição para a participação e para a cooperação na vida comunitária – dos eleitores influencia o comportamento eleitoral, mas que, todavia, o conceito não possui a mesma fertilidade para a compreensão da formação das predisposições dos eleitores. Assim, partindo do pressuposto de que as predisposições eleitorais se formam nas experiências de vida dos indivíduos, o propósito do presente artigo é averiguar as eventuais relações existentes entre certos condicionamentos sociais e determinados aspectos do comportamento eleitoral nas eleições nas eleições de 2004, no município de Cascavel-PR. Por meio de informações obtidas entre eleitores das diversas regiões da cidade, pôde-se chegar à conclusão de que existem nítidas relações entre as trajetórias sociais dos eleitores e o seu comportamento eleitoral. Em termos conclusivos, a pesquisa sugere, ainda, que numa pesquisa mais abrangente, necessário se faz observar não só a confluência das trajetórias sociais dos eleitores, mas também o impacto de fatores circunstanciais no comportamento eleitoral.

Downloads

Publicado

13-08-2008

Como Citar

DA SILVA, J. O.; NAZZARI, R. K. Condicionantes sociais do comportamento eleitoral. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, [S. l.], v. 6, n. 10, p. p. 123–136, 2008. DOI: 10.48075/revistacsp.v6i10.163. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/163. Acesso em: 27 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos