Liberalismo educacional: o receituário de Milton Friedman

Autores

  • Roberto Antonio Deitos

DOI:

https://doi.org/10.48075/revistacsp.v6i10.164

Palavras-chave:

Liberalismo, Política educacional, Pensamento de Friedman.

Resumo


O artigo analisa uma tendência do liberalismo a partir das proposições de Milton Friedman. Analisa o liberalismo educacional expresso na obra Capitalismo e Liberdade e algumas das proposições do autor sobre o papel do governo na educação, especialmente as proposições gerais para a educação. Tais proposições revelam os pressupostos para a implementação de uma política educacional liberal e demonstram como deveriam ser organizadas as políticas sob a direção estatal para os níveis educacionais: primário, secundário, profissional e superior. Muitas dessas proposições contam com assimilações e aproximações em formulações e proposições que vertem na implementação e nas diretrizes educacionais nacionais nos diversos níveis de ensino e em argumentos políticos e ideológicos apresentados para a política educacional brasileira.

Downloads

Publicado

13-08-2008

Como Citar

DEITOS, R. A. Liberalismo educacional: o receituário de Milton Friedman. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, [S. l.], v. 6, n. 10, p. p. 137–147, 2008. DOI: 10.48075/revistacsp.v6i10.164. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/164. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos