Admissibilidade da Relação do Consumo de Energia Residencial e o Índice de Desenvolvimento Humano no Brasil no Período de 1970 A 2011

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/revistacsp.v19i36.22567

Palavras-chave:

Desenvolvimento econômico. Bens e serviços. Renda per capita. Vetores auto regressivo.

Resumo


O objetivo deste trabalho é demonstrar a relação do crescimento no consumo de energia residencial e o índice de desenvolvimento humano brasileiro no período de 1970 a 2011. Os testes econométricos empregados na verificação da causalidade entre consumo de Energia residencial e IDH foi realizada através do modelo de vetores auto regressivo (VAR). Pode-se entender que o consumo residencial de energia teve um papel relevante no processo de desenvolvimento humano durante o período analisado, pois a energia possibilita a população maior acesso a bens e serviços. Pode-se entender que o consumo residencial de energia teve um papel relevante no processo de desenvolvimento humano durante o período analisado.  Entre o período de 1999 a 2011 houve uma retração no consumo de energia residencial, apesar dessa retração ouve um aumento no índice de desenvolvimento referente ao mesmo período. Assim, os resultados demostrados pelo modelo econométrico utilizado, demonstram que as funções de impulso resposta no modelo evidenciam que o consumo de energia elétrica residencial exerce um impacto significativo no índice de desenvolvimento humano.  
 

Biografia do Autor

Ana Paula Santana Melo, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil

Mestra em Administração e Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal Rural de Pernambuco 

Fúlvia Fernanda Lima, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil

Mestra em Administração e Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal Rural de Pernambuco 

Josefa Edileide Santos Ramos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Doutoranda em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS/RS 

Marcelo da Costa Borba, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil

Doutorando em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS/RS 

Downloads

Publicado

07-04-2020

Como Citar

MELO, A. P. S.; LIMA, F. F.; RAMOS, J. E. S.; BORBA, M. da C. Admissibilidade da Relação do Consumo de Energia Residencial e o Índice de Desenvolvimento Humano no Brasil no Período de 1970 A 2011. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, [S. l.], v. 19, n. 36, p. 88 a 99, 2020. DOI: 10.48075/revistacsp.v19i36.22567. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/22567. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos