FATORES QUE DIFICULTAM A GESTÃO EM EMPRESAS FAMILIARES: UM ESTUDO EM UMA PRESTADORA DE SERVIÇOS DE RH

Autores

  • Paula Coaglio de Miranda Silva
  • Danilo de Melo Costa
  • Francisco Vidal Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.48075/revistacsp.v12i22.6863

Palavras-chave:

Empresas familiares, Dificuldade de gestão, Gestão estratégica, Empresa de recursos humanos, Prestadora de serviço

Resumo


As empresas familiares enfrentam, por essência, vários desafios. Além de se preocuparem com a concorrência e todas as outras forças que norteiam o mercado, as relações profissionais colidem freqüentemente com as relações de parentesco, gerando uma informalidade ineficaz para qualquer organização. Partindo desta premissa, o presente artigo visa estudar as dificuldades de gestão em uma empresa familiar da área de recursos humanos e verificar o que impede o crescimento da empresa, analisando fatores como a influência dos parentes na empresa, o modelo de gestão adotado pelo diretor da empresa, desafios para implantação de novos processos, dentre outras peculiaridades. Para isso foi utilizada a entrevista e a observação individual. Constatou-se que na empresa estudada existe uma inerente dificuldade de gestão que esbarra nas relações familiares, além do mais, ausência de treinamentos e diferenças salariais criam um conflito interno entre os funcionários-parentes e os demais colaboradores.

Downloads

Publicado

26-06-2013

Como Citar

DE MIRANDA SILVA, P. C.; COSTA, D. de M.; BARBOSA, F. V. FATORES QUE DIFICULTAM A GESTÃO EM EMPRESAS FAMILIARES: UM ESTUDO EM UMA PRESTADORA DE SERVIÇOS DE RH. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, [S. l.], v. 12, n. 22, 2013. DOI: 10.48075/revistacsp.v12i22.6863. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ccsaemperspectiva/article/view/6863. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos