A BUSCA POR UMA IDENTIDADE FEMININA EM “DIVING INTO THE WRECK”, DE ADRIENNE RICH: A DESMISTIFICAÇÃO DA POSTURA PANFLETÁRIA E A RELAÇÃO DE ALTERIDADE ENTRE O OUTRO E O OUTRO

Autores

  • Celina de Oliveira Barbosa Gomes
  • Leila de Almeida Barros
  • Luciana Carneiro Hernandes

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v10i19.9765

Palavras-chave:

Identidade feminina, Outro-outro, Literatura de autoria feminina.

Resumo


A mulher foi - e continua sendo – caracterizada subjetivamente sob diferentes enfoques que, muitas vezes, desvirtuam o conceito de feminismo, inviabilizando esta discussão. Este trabalho pretende analisar o poema Diving into de Wreck, da norte-americana Adrienne Rich, explicitando uma determinada configuração da busca pela identidade feminina, a qual não objetiva reforçar o ainda significativo hiato das relações gendradas, mas minimizá-lo no sentido de evidenciar as naturais relações de alteridade que se podem estabelecer entre homem e mulher. Para tanto, será utilizado o aporte teórico fornecido por Showalter (1994), Haraway (1994), Bonnici(2009), Zolin(2009), entre outros.

Downloads

Publicado

07-04-2014

Como Citar

GOMES, C. de O. B.; BARROS, L. de A.; HERNANDES, L. C. A BUSCA POR UMA IDENTIDADE FEMININA EM “DIVING INTO THE WRECK”, DE ADRIENNE RICH: A DESMISTIFICAÇÃO DA POSTURA PANFLETÁRIA E A RELAÇÃO DE ALTERIDADE ENTRE O OUTRO E O OUTRO. Trama, [S. l.], v. 10, n. 19, p. 121–134, 2014. DOI: 10.48075/rt.v10i19.9765. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/9765. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGO