ENTRE MEMÓRIAS E HISTÓRIAS: ELABORAÇÕES DE IDENTIFICAÇÕES E DIFERENÇAS CULTURAIS DOS MIGRANTES QUIXADANESES SOBRE SÃO PAULO DE FINS DO SÉCULO XX.

Autores

  • Barbosa Barros

Palavras-chave:

Identificação Cultural, História Oral, migração.

Resumo


Visamos através das representações do cotidiano dos migrantes quixadaenses sobre São Paulo compreender os possíveis significados de identificações e diferenças que nos são apresentadas por depoimentos orais. De fato, lidamos com sujeitos que relembram diretamente de sua terra natal, Quixadá-Ce, um tempo de migração, e São Paulo do final do século XX. Perante esse cenário de recordações, quais mundos e tempos podem se revelar e desvelar? Usamos para fazer nosso trabalho, a História Oral enquanto metodologia, porém, o que essa operação histórica pode revelar de desconhecido de um evento comumente percebido? Acreditamos que trazer à tona histórias de vidas, histórias sentidas por esses migrantes quixadaenses, principalmente com o advento da História Cultural, contribuirá para entendermos sentimentos, valores e momentos ainda encobertos em nossa contemporaneidade.

Downloads

Publicado

26-10-2011

Como Citar

BARROS, B. ENTRE MEMÓRIAS E HISTÓRIAS: ELABORAÇÕES DE IDENTIFICAÇÕES E DIFERENÇAS CULTURAIS DOS MIGRANTES QUIXADANESES SOBRE SÃO PAULO DE FINS DO SÉCULO XX. Travessias, Cascavel, v. 5, n. 2, 2011. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/4686. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: CRÍTICA E MODERNIDADE