A EXPRESSÃO DA CULTURA KITSCH NA LINGUAGEM PUBLICITÁRIA

Autores

  • Enrico Rosa Trevisan

Palavras-chave:

cultura kitsch, linguagem publicitária, indústria cultural

Resumo


O artigo analisa o conceito de cultura kitsch e seus desdobramentos no âmbito da produção mediática, em particular no campo da publicidade e propaganda, visando contribuir para as reflexões que se situam no território interdisciplinar entre educação, arte e história da cultura.  Especificamente, analisa o modo como elementos artísticos “puros” ou “autênticos” podem ser reconhecidos na linguagem publicitária, por meio da análise do caso da campanha da vodka Absolut, onde elementos estéticos da arte barroca podem ser identificados. A similaridade entre as orientações estéticas das linguagens analisadas, bem como a utilização de referenciais artísticos pela linguagem publicitária é uma das formas como cultura kitsch se manifesta na sociedade contemporânea e expressa a maneira como a “indústria cultural” pós-moderna transforma arquétipos em estereótipos e padroniza os gostos de consumo de massa.Palavras-chave: cultura kitsch; linguagem publicitária; indústria cultural 

Downloads

Publicado

31-10-2011

Como Citar

TREVISAN, E. R. A EXPRESSÃO DA CULTURA KITSCH NA LINGUAGEM PUBLICITÁRIA. Travessias, Cascavel, v. 5, n. 2, 2011. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/5184. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

ARTE E COMUNICAÇÃO