DO LETRAMENTO AOS MULTILETRAMENTOS: CONTRIBUIÇÕES À FORMAÇÃO DE PROFESSORES(AS) COM VISTAS À QUESTÃO IDENTITÁRIA

Autores

  • Andreia Fernanda Orlando
  • Aparecida de Jesus Ferreira

Palavras-chave:

(MULTI)LETRAMENTOS. FORMAÇÃO DE PROFESSORES(AS). IDENTIDADE.

Resumo


RESUMO: TEMOS COMO OBJETIVO DELINEAR UM BREVE PERCURSO HISTÓRICO E TEÓRICO SOBRE A TEORIA DO LETRAMENTO E DOS MULTILETRAMENTOS, ENFOCANDO A QUESTÃO IDENTITÁRIA E DE DIVERSIDADE.   REFLETIREMOS SOBRE O PAPEL DO PROFESSOR NESSE CONTEXTO, COMO ESTE PODE CONTRIBUIR PARA UM ENSINO CRÍTICO E EMANCIPADOR. PARA ISSO, PAUTAMOS O TRABALHO EM AUTORES(AS) COMO MOITA LOPES (2002; 2003; 2010) E FERREIRA (2006; 2012) A FIM DE DISCUTIR A FORMAÇÃO DOCENTE RELACIONADA À DIVERSIDADE E À IDENTIDADE, JÁ SOBRE OS LETRAMENTOS E A TEORIA DOS NOVOS LETRAMENTOS UTILIZAMOS COMO APORTE TEÓRICO SOARES (2000), ASSOLINI E TFOUNI (1999), COPE E KALANTZIS (2006), STREET (2003) E ROJO (2012). A PARTIR DO TEXTO, COMPREENDEMOS QUE O(A) PROFESSOR(A) É FUNDAMENTAL EM UM ENSINO QUE PRETENDA FORMAR ALUNOS(AS) CRÍTICOS(AS) E CONSCIENTES, OS(AS) QUAIS QUESTIONEM AS “VERDADES” SOCIAL E HISTORICAMENTE IMPOSTAS SOBRE ALGUNS GRUPOS MARGINALIZADOS E EXCLUÍDOS SOCIALMENTE.

Downloads

Publicado

03-09-2013

Como Citar

ORLANDO, A. F.; FERREIRA, A. de J. DO LETRAMENTO AOS MULTILETRAMENTOS: CONTRIBUIÇÕES À FORMAÇÃO DE PROFESSORES(AS) COM VISTAS À QUESTÃO IDENTITÁRIA. Travessias, Cascavel, v. 7, n. 1, 2013. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/8360. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

LINGUAGEM