INTERTEXTUALIDADE NO CINEMA E A POESIA DE SYLVIA PLATH

Autores

  • Taísa Carvalho
  • Acir Dias da Silva

Resumo


Além de proporcionar estudos comparados, o uso da literatura vinculada com outras artes, como o cinema, a música e a pintura, é também um memorial, no qual o pesquisador faz um resgate da história e apresenta uma nova reflexão, oportunizando assim novos horizontes de conhecimento. A partir dos conceitos de adaptação de Robert Stam, Intertextualidade de Genette e apoio teórico de Bakhtin e outros, torna-se possível pensar na prática intertextual. O artigo mostra a analisa o uso da poesia de Sylvia Plath como meio de adaptação e intertextualidade no cinema. Com as obras fílmicas Sylvia, Paixão além das palavras de Christine Jeffs e um poema de Sylvia Plath sem título, utilizado no filme.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

CARVALHO, T.; DA SILVA, A. D. INTERTEXTUALIDADE NO CINEMA E A POESIA DE SYLVIA PLATH. Travessias, Cascavel, v. 7, n. 1, 2000. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/8556. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

CULTURA