À MANEIRA DE PRÓLOGO: REESCRITURA E HIBRIDISMO

Autores

  • Geovana Quinalha de Oliveira

Resumo


O objetivo desse trabalho é discutir o processo escritural do texto À maneira de prólogo inserido na abertura do romance Amar-te a ti nem sei se com carícias (2005), de Wilson Bueno. Visto enquanto enredo que ultrapassa a visão meramente apresentativa de uma obra, À maneira de prólogo é um texto metanarrativo que pode ser lido a partir dos conceitos de reescritura e hibridismo no que tange à própria escrita e, por extensão, à cultura.  

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

OLIVEIRA, G. Q. de. À MANEIRA DE PRÓLOGO: REESCRITURA E HIBRIDISMO. Travessias, Cascavel, v. 7, n. 2, 2000. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/9263. Acesso em: 28 out. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: ARTE, COMUNICAÇÃO, CINEMA, MEMÓRIA E CULTURAS HÍBRIDAS