O PROCESSO DE ALIENAÇÃO E SUBALTERNIDADE DO SER HUMANO NO CAPITALISTALISMO E A IMPORTÂNCIA DA IDEOLOGIA NESSE CONTEXTO

Cristiane Gonçalves de Souza, Jussara Ayres Bourguignon

Resumo

Este texto, resultado de pesquisa bibliográfica, objetiva pontuar aspectos concernentes ao processo de alienação e subalternidade do ser humano no modo de produção capitalista. Para tanto considera o trabalho em uma perspectiva ontológica, haja vista que nessa linha de pensamento o que é central é a capacidade criadora do homem, sua capacidade de transformar radicalmente o mundo mediante finalidade estabelecida em sua consciência. Inserida na sociabilidade capitalista, as classes dominadas/subalternas são muitas vezes influenciadas pela ideologia da classe dominante, no entanto, mediante os autores pontuados neste trabalho foi possível observar que as classes subalternas têm reações que denotam resistência e luta, mesmo sendo reações espontâneas, tais reações favorecem o movimento de luta e reivindicação das mesmas.

Texto completo:

PDF