DESEQUILÍBRIOS TERRITORIAIS E SUA COMPENSAÇÃO ATRAVÉS DA POLÍTICA PÚBLICA TRIBUTÁRIA

João Ricardo Catarino

Resumo


As disparidades interregionais europeias constituem um dado adquirido, desde logo mercê dos conhecidos desníveis de desenvolvimento dos seus Estados-membros. Provavelmente nunca se atingirão os mesmos patamares de desenvolvimento em todas as regiões da Europa, nem isso constitui um desiderato comum, pois existem fatores de vária ordem, específicos em cada região, que o impedem. O presente artigo analisa as políticas europeias destinadas a minorar essas disparidades. Foca essencialmente a política fiscal como fator de desenvolvimento harmonioso, pela concessão de incentivos às regiões europeias mais desfavorecidas, procurando a atração de investimento interno e externo e a criação de postos de trabalho.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

________________________________________________________________________

Revista Direito à Sustentabilidade

e-ISSN 2359-327X

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Foz do Iguaçu
Centro de Ciências Sociais Aplicadas

Av. Tarquínio Joslin dos Santos, 1300
Foz do Iguaçu – Paraná - CEP: 85870-650

| revistadireitosustentabilidade@gmail.com |