ALEXANDER VON HUMBOLDT: UM NOVO PANORAMA DA AMÉRICA E AS CONTRIBUIÇÕES ATRAVÉS DA CONCEPÇÃO DE NATUREZA

Francieli Regina Caus, Rosana Cristina Biral Leme

Resumo

 

 Neste texto realiza-se algumas sínteses teóricas referentes a excursão científica realizada pelo naturalista e viajante Alexander von Humboldt, com duração de cinco anos entre 1799 e 1804, pela América espanhola. Esta expedição científica mostrou para o público europeu outra visão da América, além daquela que era repassada com propósito unicamente de exploração econômica. Humboldt na companhia de Bonpland percorreram os territórios onde hoje estão localizados os países de: Venezuela, Cuba, Colômbia, Equador, Peru e México, além dos Estados Unidos, e realizaram várias descobertas, desde a catalogação e identificação de novas espécies de animais e vegetais, além de identificar a localização exata de encontro dos rios Orinoco com o rio Amazonas, entre outras descobertas. O estudo também evidencia a ênfase dada por Humboldt à relação com a natureza e à importância da observação e do observador na descrição das paisagens.

Palavras-chave

Alexander von Humboldt; Expedição científica; América espanhola; Natureza.

Texto completo:

PDF