ENTRE A LAVOURA DE CANA E A VIDA NA CIDADE: CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MIGRANTES TRABALHADORES DO SETOR AGROINDUSTRIAL CANAVIEIRO NO MUNICÍPIO DE CAPINÓPOLIS (MG)

Letícia Parreira Oliveira, Hélio Carlos Miranda de Oliveira

Resumo


O objetivo desta pesquisa é compreender as dinâmicas socioespaciais dos trabalhadores migrantes ligados ao setor agroindustrial canavieiro no município de Capinópolis (MG) a partir do diagnóstico de suas condições socioeconômico. A realização desse trabalho se justifica, entre outros motivos, pela ausência de estudos sobre a realidade do município de Capinópolis (MG) e dos trabalhadores migrantes, pelas transformações socioespaciais perceptíveis na paisagem do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba com o crescimento das áreas de plantio de cana-de-açúcar e das atividades ligadas ao setor, que tem impactado diretamente nas dinâmicas socioespaciais do campo e da cidade na região.

Palavras-chave


migração, sucroalcooleiro, socioespacial, Capinópolis (MG).

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Perspectiva Geográfica

 


e-ISSN: 1981-4801

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Marechal Cândido Rondon
Curso de Graduação e Pós-Graduação em Geografia
Rua Pernambuco, 1777 - Centro
Marechal Cândido Rondon – Paraná - CEP: 85960-000

| revista.pgeografica@unioeste.br |