CONTRIBUIÇÕES BENJAMINIANAS PARA MELHOR COMPREENDER A RELAÇÃO ENTRE CIÊNCIA E LITERATURA: APONTAMENTOS INTRODUTÓRIOS

Robinson Santos Pinheiro, Cláudio Benito Oliveira Ferraz

Resumo

Objetivamos, no presente artigo, incitar a discussão acerca da relação entre ciência e arte, mais especificamente entre o saber literário e o discurso científico, notadamente o das ciências que estudam os fenômenos humanos e sociais, perscrutando a possibilidade de enriquecer o saber científico a partir das formas perceptivas dos artistas, que materializam suas percepções da realidade nas suas obras. Para isto, de forma bem introdutória, iremos evidenciar alguns conceitos elaborados por Walter Benjamin, tais como o de tempo de agora, mercadorização da arte e narrador. Procuraremos tecer elos de comunicação entre as formas com que os cientistas constroem e narram as suas significações do espaço social com as formas que os literatos narraram as suas vivências dentro da trama desenvolvida na obra. Tendo conhecimento que, por muitas vezes, o artista acaba fingindo o espaço e por muitas mostrando uma realidade que pouco se nota nos estudos científicos.

 

Palavras-chave

Linguagens; Literatura; Espaço; Tempo.

Texto completo:

PDF