O sujeito, o tempo e o espaço num debate teórico-metodológico

Munir Jorge Felicio

Resumo


Este texto visa a ampliar as discussões da pesquisa em Geografia. Nele propomos um debate teórico-metodológico objetivando discutir os conteúdos dos conceitos de espaço e território; contrapor a leitura geográfica crítica à leitura geográfica consensual e, com isso contribuir com o projeto de pesquisa “Camponeses/
Agricultores familiares: paradigmas em questão” que estamos desenvolvendo no curso de doutorado em Geografia. Por isso o debate está dividido em três partes: a primeira parte estudará os conteúdos dos conceitos espaço, tempo e território a partir da dialética e do método dialético visando a ampliar a compreensão das categorias geográficas e contribuir com a tarefa de interpretar os acontecimentos, pois, a realidade como totalidade não se apresenta à primeira vista. A segunda parte, refletirá sobre a análise territorial como tarefa imprescindível para a compreensão
da luta de classes que se estabelece pela disputa do território, visando à implantação de um modelo de desenvolvimento agropecuário. Por fim, a terceira parte, analisará as contribuições que surgiram nesses dois debates, visando ao projeto de
pesquisa em Geografia cujo objetivo consiste em ampliar a compreensão da formação do agricultor camponês e ou familiar estudando a formação do campesinato na região do Pontal do Paranapanema nas últimas três décadas.

Palavras-chave


espaço; território; conflitualidade; campesinato

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Perspectiva Geográfica

 


e-ISSN: 1981-4801

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Marechal Cândido Rondon
Curso de Graduação e Pós-Graduação em Geografia
Rua Pernambuco, 1777 - Centro
Marechal Cândido Rondon – Paraná - CEP: 85960-000

| revista.pgeografica@unioeste.br |