A SANTISSIMA TRINDADE DA PROPAGANDA: IMAGEM, PERSONALISMO

Neusa Demartini Gomes

Resumo


Este estudo tem por objetivo, a partir de exemplos históricos de vários

períodos da humanidade, da civilização grega até os dias de hoje, revelar aspectos da

propaganda e seus instrumentos – a imagem, o personalismo e a espetacularização – que

nos indicam que, desde os tempos mais remotos já havia nos homens a necessidade de,

usando os recursos que cada época oferece, influenciar as massas, com a finalidade de

galgarem e se manterem no poder. Nada com respeito a essa atitude é novidade, tudo é e

sempre foi válido. O que mudou foi o aporte de novas tecnologias, permitindo aos

políticos, tiranos ou democratas, persuadirem a quem lhes interessava, através de

instrumentos que passam por várias formas de comunicação, pela realização de grandes

espetáculos públicos e chegam até os grandes espetáculos televisivos que nosso século

proporciona.


Palavras-chave


Propaganda; Imagem; Personalismo; Espetáculo.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2007 Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob CC-BY-NC-SA 4.0 que permite o compartilhamento do trabalho com indicação da autoria e publicação inicial nesta revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.