EFEITO DO DECANOATO DE NANDROLONA NO DESMAME VENTILATÓRIO DIFÍCIL DE PACIENTES DE UMA UTI

Vitor Takashiba, Mirian Carla Bortolamedi Silva, Mirian Cozer, Juliana Seger Link, Paulo Cezar Nunes Fortes

Resumo

Objetivo: Avaliar os possíveis efeitos de drogas androgênicas em pacientes que apresentavam Desmame Ventilatório (DV) difícil, internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Material e métodos: realizou-se um estudo caso-controle no qual os pacientes apresentavam DV difícil, Ventilação Mecânica (VM) prolongada e sofreram ação de Decanoato de Nandrolona (DN) ou não (Grupo Controle). Os dois grupos citados foram compostos por 11 pacientes cada e foram analisados os dados clínicos a partir dos prontuários médicos. Os pacientes dos dois grupos de estudo apresentaram semelhanças que possibilitaram as análises futuras. Resultados e conclusão: o número de óbitos observados ao final do estudo foi o mesmo em ambos os grupos, porém houve diferença no período em que ocorreram as mortes. Outros dados relevantes que apresentaram significância entre os grupos foram a ventilação por pressão de suporte, tempo em nutrição e tempo de internação. Estes resultados podem relacionar-se a ação que os pacientes sofreram por receberem DN, visto que o uso do esteroide aumentou a sobrevida dos pacientes sem alterar a mortalidade, permitindo assim maior tempo para intervenções e tratamentos para recuperação dos pacientes em estados graves.

Palavras-chave

Decanoato de nandrolona; Ventilação mecânica difícil; Unidades de Terapia Intensiva.

Texto completo:

PDF