A SOCIOLOGIA POSITIVISTA DE ÉMILE DURKHEIM

Autores

  • Karoline Coelho de Andrade e Souza Universidade Estadual de Ponta Grossa

DOI:

https://doi.org/10.48075/ra.v6i1.18397

Palavras-chave:

Sociologia. Método. Durkheim

Resumo


O presente artigo pretende analisar os aspectos teórico-metodológicos da sociologia positivista de Émile Durkheim, sociólogo e pedagogo francês, conhecido mundialmente como um dos clássicos da Sociologia. Para tanto, analisa-se as influências do contexto histórico em que o autor viveu, bem como das suas principais influências teóricas como Condorcet, Saint-Simon e Comte. Feito isto, passa-se à análise dos principais aspectos do pensamento do durkheimiano, a forma como o autor definiu seu método sociológico, entendido como o da observação e experimentação indireta e/ou método comparativo. Por fim, a análise é fechada por meio das considerações finais, quando são ressaltadas as contribuições do autor para a consolidação da Sociologia como ciência e, dos aspectos inovadores da sua teoria, principalmente aqueles voltados para a educação.

Biografia do Autor

Karoline Coelho de Andrade e Souza, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Mestre em Ciências Sociais Aplicadas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR, possui especialização em Filosofia e Direitos Humanos pela Pontificia Universidade Católica do Paraná (2015-2016) e é graduada em Direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Atualmente é pesquisadora do LABTESP - Laboratório de Pesquisa Interdisciplinar em Teoria Social/Teoria Política e Pós-Estruturalismo, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Estadual de Ponta Grossa

Downloads

Publicado

25-05-2018

Como Citar

COELHO DE ANDRADE E SOUZA, K. A SOCIOLOGIA POSITIVISTA DE ÉMILE DURKHEIM. Alamedas, [S. l.], v. 6, n. 1, 2018. DOI: 10.48075/ra.v6i1.18397. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/18397. Acesso em: 9 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios