O CONCEITO DE RESISTÊNCIA NOS ESCRITOS GENEALÓGICOS DE FOUCAULT: UM DIÁLOGO COM OS PRINCIPAIS CRÍTICOS.

Autores

Palavras-chave:

Foucault, poder, resistência

Resumo


O elemento filosófico central da obra de Michel Foucault é o conceito de poder. Não obstante a sua concepção relacional de poder, a noção de resistência foi e permanece controversa. A resistência foi pensada por Foucault como algo que ultrapassa o âmbito teórico e penetra no âmago mesmo da nossa existência. De diferentes modos, intérpretes consideram-na uma noção eclipsada por um conceito de poder que torna qualquer luta política quimérica e redundante. Este artigo propõe um minucioso exame do conceito de resistência na genealogia foucaultiana e também uma análise das principais críticas e comentários atribuídos à noção de resistência elaborada por Foucault.

Biografia do Autor

Igor Corrêa de Barros, Universidade Federal de São João Del Rei

Graduado em Filosofia pela Universidade Federal de São João Del Rei. Mestrando em Filosofia na Universidade Federal de São João Del Rei

Downloads

Publicado

25-12-2021

Como Citar

CORRÊA DE BARROS, I. O CONCEITO DE RESISTÊNCIA NOS ESCRITOS GENEALÓGICOS DE FOUCAULT: UM DIÁLOGO COM OS PRINCIPAIS CRÍTICOS. Alamedas, [S. l.], v. 9, n. 2, 2021. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/27917. Acesso em: 24 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios