Desafios impostos às aulas de educação física na pandemia: caminhos para a ressignificação do trabalho docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36453/cefe.2021.n3.27461

Palavras-chave:

Educação Física Escolar, Tecnologia, Prática Pedagógica.

Resumo


INTRODUÇÃO: Com o advento da pandemia da Covid-19, muitos desafios surgiram para que as atividades educacionais pudessem ter continuidade sem maiores prejuízos aos(às) alunos(as). No entanto, a falta de domínio das tecnologias educacionais se apresentou como uma barreira, tanto para professores(as) como para alunos(as). OBJETIVO: Dessa forma, o presente texto tem como objetivo refletir como em tempos de pandemia a Educação Física Escolar se ressignificou, considerando as experiências relatadas por professores(as) de Educação Física da rede pública de ensino. MÉTODOS: Este estudo, de abordagem qualitativa, caracterizando-se como um estudo multicasos, adotou como instrumento de pesquisa uma entrevista semiestruturada realizada com dois professores e duas professoras que atuam nas redes públicas de ensino, estadual e municipal e, um em cada nível de ensino (educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental e ensino médio). RESULTADOS: Mesmo com o cenário investigado e suas dificuldades, os(as) professores(as) realizaram seu trabalho da melhor forma possível e, para tanto, identificamos uma espécie de manifestação uníssona dos(as) professores(as), tanto no que se refere às ações positivas como nas dificuldades vividas. Esta manifestação foi organizada em categorias, especificamente seis, a saber: aprendizado e adaptação de conteúdos para as aulas; apoio em bases teórico-metodológicas das redes de ensino; atividades com apoio familiar; apoio institucional; avaliação; o que posso avançar? CONCLUSÃO: A persistência e resiliência de cada um(uma) permitiu que a Educação Física Escolar se fizesse presente nas atividades escolares diárias dos(as) alunos(as) de todos os níveis de ensino, mesmo que de forma adaptada. Reforçamos a responsabilidade dos(das) pesquisadores(as) das instituições de formação de professores(as) em darem visibilidade aos elementos que contribuem para a manutenção das práticas corporais, das aulas de Educação Física em diferentes contextos, para que estas possam manter-se acessíveis e reverberem com qualidade entre os(as) professores(as) e alunos(as).ABSTRACT. Challenges imposed to the physical education classes in the pandemic: paths to reframe the teacher’s work.BACKGROUND: With the advent of the Covid-19 pandemic, many challenges arose so that the educational activities could be continued without many losses to the students. However, the lack of mastery of educational technologies showed itself as a barrier to the teachers as well as to the students. OBJECTIVE: So, the present text has as aim to reflect how in pandemic times the school Physical Education reframed itself, considering the experiences reported by Physical Education teachers of the public school system. METHODS: This study, of qualitative approach, is characterized as a multi-case study, adopted as research instrument a semi-structured interview with two male and two female teachers who work in the public education network, state and municipal, and one in each level (early childhood education, early years of elementary school, final years of elementary school and high school). RESULTS: Even with the investigated scenario and its difficulties, the teachers performed their work in the best possible way and, therefore, we identified a kind of unison manifestation of the teachers, both in what is concerned to the positive actions as to the difficulties experienced. This manifestation was organized in categories, specifically six, namely: learning and adapting the content to the classes; support in theoretical-methodological bases in the educational networks; activities with family support; institutional support; what can I move forward? CONCLUSION: The persistence and resilience of each one allowed the school Physical Education to be present in the daily school activities of all levels of education, even in an adapted way. We reinforce the responsibility of the researchers of teacher formation institutions to give visibility to the elements that contribute to the maintenance of body practice, of the Physical Education classes in different contexts so these can be accessible and reverberate with quality between teachers and students.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evando Carlos Moreira, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Doutor em Educação Física pela UNICAMP.Professor da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso 

Raquel Stoilov Pereira, Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG)

Doutora em Educação Física pela USP.Professora do curso de Educação Física do Centro Universitário de Várzea Grande

Referências

ARREDONDO, S. C.; DIAGO, J. C. Avaliação educacional e promoção escolar. São Paulo: Unesp, 2009.

BARTHOLO, M. H. C. L. Relatos do fazer pedagógico. Rio de Janeiro: NOOS, 2001.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto, Portugal: Porto, 1994.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação educativa: produção de sentidos com valor de formação. Revista Avaliação, Campinas, v. 13, n. 1, p. 193-207, 2008.

FERNANDES, D. Avaliar para aprender: fundamentos, práticas e políticas. São Paulo: Unesp, 2009

GODOI, M.; KAWASHIMA, L. B.; GOMES, L. de A.; CANEVA, C. As práticas do ensino remoto emergencial de educação física em escolas públicas durante a pandemia de Covid-19: reinvenção e desigualdade. Prática Docente, Confresa, v. 6, n. 1, e012, 2021.

LUCKESI, C. C. Avaliação em educação: questões epistemológicas e práticas. São Paulo: Cortez, 2018.

LUCKESI, C. C. Sobre notas escolares: distorções e possibilidades. São Paulo: Cortez, 2014.

MOREIRA, E. C.; PEREIRA, R. S.; LOPES, T. C.; SANTOS, E. S. O. dos; SCHÜLLER, J. A. de P.; GOMES, C. F. Proposta pedagógica para o ensino da educação física em Cuiabá: relatos de uma formação continuada. Revista Eletrônica de Educação, São Carlos, v. 8, n. 3, p. 278-90, 2014.

SACRISTÁN, J. G. O currículo avaliado. In: SACRISTÁN, J. G. O currículo. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SILVA, A. J. F. da; PEREIRA, B. K. M.; OLIVEIRA, J. A. M. de; SURDI, A. C.; ARAÚJO, A. C. de. A adesão dos alunos às atividades remotas durante a pandemia: realidades da educação física escolar. Corpoconsciência, Cuiabá, v. 24, n. 2, p. 57-70, 2020.

SILVA, A. J. F. da; SILVA, C. C. da; TINÔCO, R. de G.; VENÂNCIO, L.; SANCHES NETO, L.; ARAÚJO, A. C. de. Desafios da educação física escolar em tempos de pandemia: notas sobre estratégias e dilemas de professores(as) no combate à Covid-19 (Sars-Cov-2). Cenários Educacionais, Caetité, v. 4, n. 10618, p. 1-27, 2021.

TRIVINÕS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VIANNA, H. M. Avaliação educacional. São Paulo: Ibrasa, 2000.

VIEIRA, D. A.; COSTA, L. S. da; NEGRÃO, A.; MONTEIRO-SANTOS, R. A perspectiva do professor de educação física para as aulas no contexto da pandemia de Covid-19. Revista Eletrônica Nacional de Educação Física, Montes Claros, v. 11, n. 16, p. 45-66, 2021.

Downloads

Publicado

01-09-2021

Como Citar

MOREIRA, E. C.; PEREIRA, R. S. Desafios impostos às aulas de educação física na pandemia: caminhos para a ressignificação do trabalho docente. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 19, n. 3, p. 1–7, 2021. DOI: 10.36453/cefe.2021.n3.27461. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/27461. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Educação Física Escolar: desafios e possibilidades na atualidade