Formação inicial docente durante a pandemia: um relato de experiência de uma residente a partir do Programa Residência Pedagógica em Educação Física

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36453/cefe.2021.n3.27496

Palavras-chave:

Educação Física, Educação Básica, Ensino Remoto

Resumo


INTRODUÇÃO: O Programa Residência Pedagógica objetiva aperfeiçoar a formação prática nos cursos de licenciatura, proporcionando uma imersão do acadêmico na escola de Educação Básica. OBJETIVO: Relatar as experiências vivenciadas por uma residente nos primeiros seis meses do Programa Residência Pedagógica de um curso de Educação Física, frente aos desafios da pandemia de COVID-19 para a formação inicial docente. MÉTODOS: O programa foi realizado em uma escola-campo na cidade de Ourinhos (SP) e contou com a participação de 10 residentes que desenvolveram atividades para alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental. O cronograma do primeiro módulo foi dividido em três etapas: (A) ambientação, (B) observação estruturada e (C) regência. RESULTADOS: A pandemia de COVID-19 resultou em um processo de regência através do ensino remoto, o que causou certa insegurança e a adaptação do ponto de vista da residente autora. Entretanto, a preparação das etapas de ambientação e observações auxiliaram de forma efetiva a construção do processo de regência. A regência foi dinâmica e encorajadora, e incentivou a atuação no âmbito da Educação Física Escolar. CONCLUSÃO: Apesar das dificuldades encontradas no ensino remoto, todas as experiências vivenciadas pela autora deste relato durante o primeiro módulo do programa contribuíram de forma crucial para a sua formação inicial. ABSTRACT. Initial teacher training during the pandemic: an experience report of a resident from the Pedagogical Residency Program in Physical Education.BACKGROUND: The Pedagogical Residency Program aims to improve practical training in undergraduate courses, providing academic immersion in the Basic Education school. OBJECTIVE: To report the experiences of a resident in the first six months of the Pedagogical Residency Program of a Physical Education course, facing the challenges of the COVID-19 pandemic for initial teacher training. METHODS: The program was carried out in a country school in the city of Ourinhos, SP, Brazil, and had the participation of 10 residents who developed activities for students from the 4th and 5th years of elementary school. The schedule of the first module was divided into three stages: (A) setting, (B) structured observation and (C) conducting. RESULTS: The COVID-19 pandemic resulted in a process of conducting through remote learning, which caused some insecurity and adaptation from the resident author’s point of view. However, the preparation of the stages of setting and observations effectively helped the construction of the conducting process. The regency was dynamic and encouraging, and encouraged action in the context of Physical Education at School. CONCLUSION: Despite the difficulties encountered in remote education, all the experiences lived by the author of this report during the first module of the program contributed crucially to her initial training.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Évelin Bandeira Lima, Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

Doutora em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP.

Referências

ALVES, J. G. B.; MONTENEGRO, F. M. U.; OLIVEIRA, F. A.; ALVES, R. V. Prática de esportes durante a adolescência e atividade física de lazer na vida adulta. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Vila Mariana, v. 11, n. 5, p. 291-4, 2005.

BARBOSA-RINALDI, I. P. Formação inicial em educação física: uma nova epistemologia da prática docente. Movimento, Porto Alegre, v. 14, n. 3, p. 185-207, 2008.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Edital 6: Chamada Pública para apresentação de propostas no âmbito do Programa de Residência Pedagógica. Brasília: Ministério da Educação, 2018. Disponível em: https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/01032018-edital-6-2018-residencia-pedagogica-pdf. Acessado em: 20 de março de 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018. Brasília: MEC/SEB, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acessado em: 20 de março de 2021.

CARVALHO, A. C. D.; FERREIRA, A. C. P. A educação física na residência pedagógica: o desafio da pesquisa-ação. In: III Jornada da Educação Física do Estado de Goiás. Anais... Goiânia, Universidade Estadual de Goiás, 2018. Disponível em: https://www.anais.ueg.br/index.php/jefco/article/download/13093/9466. Acessado em: 20 de março de 2021.

CARVALHO, V. H. Esportes coletivos na educação física escolar. 2017. 21f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2017.

CHICATI, K. C. Motivação nas aulas de educação física no ensino médio. Revista da Educação Física, Maringá, v. 11, n. 1, p. 97-105, 2000.

COELHO, C. G.; XAVIER, F. V. F.; MARQUES, A. C. G. Educação física escolar em tempos de pandemia da COVID-19: a participação dos alunos de ensino médio no ensino remoto. Intercontinental Journal on Physical Education, Niterói, v. 2, n. 3, p. 1-13, 2020.

COSTA, A. R.; MACÍAS, C. C. C.; FARO, C. L. C.; MATOS, L. S. Ginástica na escola: por onde ela anda professor? Conexões, Fortaleza, v. 14, n. 4, p. 76-96, 2016.

DARIDO, S. C. Educação física na escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

FERREIRA, M. L. S.; GRAEBNER, L.; MATIAS, T. S. Percepção de alunos sobre as aulas de educação física no ensino médio. Pensar a Prática, Goiânia, v. 17, n. 3, p. 734-50, 2014.

FLORES, P. P.; CARAÇATO, Y. M. S.; ANVERSA, A. L. B.; SOLERA, B.; COSTA, L. C. A.; OLIVEIRA, A. P. B.; SOUZA, V. F. M. Formação inicial de professores de Educação Física: um olhar para o estágio curricular supervisionado. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 17, n. 1, p. 61-8, 2019.

FREIRE, P. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1991.

GATTI, B. A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, São Paulo, n. 100, p. 33-46, 2014.

GIANOTTO, D. E. P.; DINIZ, R. E. S. Formação inicial de professores de biologia: a metodologia colaborativa mediada pelo computador e a aprendizagem para a docência. Ciência & Educação, Bauru, v. 16, n. 3, p. 631-48, 2010.

GOULART, I. C. V.; SILVA, J.; CABRAL, G. R. Ensino remoto na educação superior: impactos na formação inicial docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, São Carlos, v. 16, n. 2, p. 407-23, 2021.

MACHADO, R. B.; FONSECA, D. G.; MEDEIROS, F. M.; FERNANDES, N. Educação física escolar em tempos de distanciamento social: panorama, desafios e enfrentamentos curriculares. Movimento, Porto Alegre, v. 26, e26081, 2020.

NEIRA, M. G.; SOUZA JÚNIOR, M. A educação física na BNCC: procedimentos, concepções e efeitos. Motrivivência, Florianópolis, v. 28, n. 48, p. 188-206, 2016.

PALMA, A.; FERREIRA, D. C.; BAGRICHEVSKY, M.; RESENDE, H. G. Dimensões epidemiológicas associativas entre indicadores socioeconômicos de vida e prática de exercícios físicos. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Porto Alegre, v. 27, n. 3, p. 119-36, 2006.

RODRIGUES, C. O.; CARDOSO, F. S. PIBID e o fazer docente na formação inicial de educação física e artes. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 15, n. 2, p. 87-96, 2017.

SAMPAIO, L. D.; SILVA, E.; SILVA, M. P.; COSTA, F. R. Representação da educação física no âmbito escolar. VIREF Revista de Educación Física, Medellín, v. 3, n. 1, p. 16-32, 2014.

SANTOS, M. A. G. N; NISTA-PICCOLO, V. L. O esporte e o ensino médio: a visão dos professores de educação física da rede pública. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 65-78, 2011.

SÃO PAULO. Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. União dos Dirigentes Municipais de Educação do Estado de São Paulo. Currículo Paulista. São Paulo: SEESP/UNDIME-SP, 2019. Disponível em: https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp-content/uploads/2019/09/curriculo-paulista-26-07.pdf. Acessado em 30 de junho de 2021.

SEVERINO, C. D.; PORROZZI, R. A ludicidade aplicada à Educação Física: a prática nas escolas. Revista Práxis, Volta Redonda, v. 2, n. 3, p. ??, 2017.

SILVA, S. E.; MARTINS, C. E.; SILVA, F. M. A saúde na educação física: uma revisão sobre a prática escolar. Projeção e Docência, Brasília, v. 4, n. 1, p. 29-35, 2013.

SILVEIRA, H. E. Mas, afinal: o que é iniciação à docência? Atos de Pesquisa em Educação, Blumenau, v. 10, n. 2, p. 354-68, 2015.

WERNER, P. H.; WILLIAMS, L. H.; HALL, T. J. Ensinando ginástica para crianças. 3. ed. São Paulo: Manole, 2015.

Downloads

Publicado

01-09-2021

Como Citar

SILVA, T. M. de S.; SILVA, C. C. da; CRESPILHO, D. M.; BANDEIRA LIMA, F. Évelin. Formação inicial docente durante a pandemia: um relato de experiência de uma residente a partir do Programa Residência Pedagógica em Educação Física. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 19, n. 3, p. 1–7, 2021. DOI: 10.36453/cefe.2021.n3.27496. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/27496. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê Educação Física Escolar: desafios e possibilidades na atualidade

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)