Sartre e a Teoria das Emoções: estudo preliminar

Autores

  • Caroline de Paula Bueno

DOI:

https://doi.org/10.48075/rd.v3i1.17205

Resumo


O objetivo desse estudo consiste em reconstituir, via a perspectiva sartriana, um panorama preliminar acerca da teoria clássica das emoções sob o ponto de vista crítico, é claro, de sua ontologia fenomenológica existencial. Para tanto, trata-se, para Sartre, de compreender o fenômeno da emoção como uma essência transcendental evitando, desse modo, pressupô-la fundada por meio da dicotomia entre fisiologia e psicologia. Outro tópico que será explanado sobre a consciência da emoção visa abordar a experiência do mundo que nos cerca. Por meio dessa vivência, o indivíduo acerca-se do mundo em sua totalidade, compreendendo que ele próprio é um agente transformador, para, assim, poder, de fato, agir. Aos olhos de Sartre, a emoção é uma forma de existir da consciência.

Downloads

Publicado

04-07-2017

Como Citar

DE PAULA BUENO, C. Sartre e a Teoria das Emoções: estudo preliminar. Revista DIAPHONÍA, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 113–119, 2017. DOI: 10.48075/rd.v3i1.17205. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/diaphonia/article/view/17205. Acesso em: 18 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos