A dialética do reconhecimento e a afirmação da consciência-de-si em Hegel

Autores

  • André Luiz Pereira Spinieli Universidade Estadual Paulista (UNESP).

DOI:

https://doi.org/10.48075/rd.v7i1.27137

Palavras-chave:

Dialética do reconhecimento. Consciência-de-si. Hegel. Idealismo alemão.

Resumo


Na obra Fenomenologia do Espírito, Hegel busca consolidar um novo sistemafilosófico que permita estabelecer quais são as diferentes figuras e formas a partir das quaisa consciência evolui, partindo-se do saber mais sensível e se direcionando rumo àconsciência-de-si. Ilustrada pela dialética do senhor-escravo, o filósofo alemão nosapresenta a ideia de que a constituição da subjetividade pela autoconsciência não é possívelsem que haja o movimento de passagem da dialética dos desejos para a dialética doreconhecimento mútuo das consciências. A partir desse panorama, este trabalho tem porfinalidade apresentar o itinerário que Hegel insere em sua filosofia para o alcance daconsciência-de-si e como se dá o processo de reconhecimento do Eu e do Outro.

Downloads

Publicado

25-03-2021

Como Citar

SPINIELI, A. L. P. A dialética do reconhecimento e a afirmação da consciência-de-si em Hegel. Revista DIAPHONÍA, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 74–87, 2021. DOI: 10.48075/rd.v7i1.27137. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/diaphonia/article/view/27137. Acesso em: 28 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos