O DIREITO E A ECONOMIA NO CONTEXTO DOS CONFLITOS DA TERRA: O PARADOXO PROBLEMÁTICO DO PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS APLICADO NA AGROECOLOGIA

Autores

  • José Rubens Morato Leite
  • Ana Paula Rengel Gonçalves

Resumo


O modelo agrícola dominante acarreta em muitos prejuízos ambientais, evidenciados pela degradação do solo e desvalorização das comunidades tradicionais. Nesse contexto, o presente trabalho objetiva examinar se o pagamento por serviços ambientais é capaz de fomentar satisfatoriamente um sistema agrícola sustentável, a agroecologia. A hipótese verificada é de que o referido estímulo é viável, desde que entenda os conflitos da terra existentes e, mais, assegure a participação de todos os grupos afetados. Este trabalho utilizará a metodologia monográfica combinada com técnica de pesquisa bibliográfica e método indutivo. O resultado preliminar é que a agroecologia mantém a natureza de forma harmônica como quer o pagamento por serviços ambientais, entretanto, o atual sistema implantado é problemático e insuficiente.


Palavras-chave: pagamento por serviços ambientais, agroecologia, conflitos, participação, economia.

Downloads

Publicado

08-08-2017

Como Citar

RUBENS MORATO LEITE, J.; RENGEL GONÇALVES, A. P. O DIREITO E A ECONOMIA NO CONTEXTO DOS CONFLITOS DA TERRA: O PARADOXO PROBLEMÁTICO DO PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS APLICADO NA AGROECOLOGIA. Direito Sem Fronteiras, [S. l.], v. 1, n. 1, 2017. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/direitosemfronteiras/article/view/17260. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Doutrina Nacional