A SANIDADE DA INSANIDADE NO ROMANCE "QUINCAS BORBA"

Autores

  • Bárbara Kaoane Morais de Souza Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Deborah Alessandra Scherer Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
Agências de fomento

Palavras-chave:

Antônio Cândido, Literatura Brasileira, Loucura.

Resumo

Inúmeras são as pesquisas que buscam compreender não somente as obras de Machado de Assis, mas bem como o autor em si. No presente artigo estaremos utilizando como direcionamento o texto de Antônio Cândido, “Esquema de Machado de Assis”, no qual o mesmo expõem alguns pontos que as obras machadianas possuem em comum entre si, porém teremos como foco principal o romance Quincas Borba. Essa obra de Machado conta com personagens apresentados anteriormente em Memórias Póstumas de Brás Cubas, apresentando, entretanto, um estilo de narrativa diferente, mas de maneira alguma menos inovador, em um complexo conjunto de assuntos que se enredam, principalmente, em um só personagem. 

Publicado

20-12-2017

Como Citar

DE SOUZA, B. K. M.; SCHERER, D. A. A SANIDADE DA INSANIDADE NO ROMANCE "QUINCAS BORBA". Ensaio - Revista de Divulgação Científica, Teste, v. 1, n. 2, 2017. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ensaio/article/view/18509. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Esquema de Machado de Assis