ESTAGIAR: ESTÁGIO DE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA EM EVENTO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v17i41.26846

Palavras-chave:

Estágio, Evento, Ensino de Língua Portuguesa e Literatura

Resumo


Relato analítico da criação e do desenvolvimento do ESTAGIAR – Encontro do Estágio de Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, evento anual promovido na Universidade Estadual de Londrina pelo Grupo de Pesquisa FELIP – Formação e Ensino em Língua Portuguesa. Como inspiração e parceria de pensares ao longo desse processo, fundamentamo-nos principalmente em Nóvoa (1992) e Tardif (2006), quando olhamos para a formação de professores, em Pimenta e Lima (2008) e Zabalza (2014), ao refletirmos sobre questões gerais do estágio, e em Silva (2012) e Pietri (2018), quando procuramos adentrar nas especificidades do estágio de Língua Portuguesa e Literatura. A trajetória do ESTAGIAR até o momento, expressa nesse artigo, caminha no sentido de aprofundar questões do ensino dentro do estágio e de respondermos, como universidade, a essas questões – seja expondo experiências bem sucedidas, seja ajudando, em parceria com a escola, a trabalhar questões problemáticas. Ao mesmo tempo, entendemos que esse exercício de análise reforça o foco maior da trajetória acadêmica da Área de Metodologia e Prática de Ensino do Departamento de Letras Vernáculas e Clássicas, a que pertencemos, de contribuir para a construção de um pensamento problematizador para as questões de ensino e formação de professores de Língua Portuguesa e Literatura.

Referências:

AGUIAR, Denise Brasil Alvarenga. Formação de professores de língua portuguesa: impressões de viagem. Querubim, ano 8, p. 1-9, set. 2012.

ANGELO, Graziela Lucci de. Revisitando o ensino tradicional de língua portuguesa. Tese (Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada), Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, 2005.

GERALDI, João Wanderley. A aula como acontecimento. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

HINZ, Josiane Redmer; DI FANTI, Maria da Glória Corrêa. A atividade do professor-estagiário de língua portuguesa: aprendizagem de gêneros profissionais? Letras, Santa Maria, v. 22, n. 44, p. 55-83, jan./jun. 2012.

MAFRA, Núbio Delanne Ferraz; MOREIRA, Vladimir; ACRI, Marcelo Cristiano; FERREIRA, Beatriz do Prado. Quando a prática se torna componente curricular dos PPPs de Letras. In: CAMPONES, Kelly Cristina (org.). Ensino e aprendizagem como unidade dialética. Ponta Grossa: Atena, 2019. p. 410-416.

NÓVOA, António. Vidas de professores. Lisboa: Porto Editora, 1992.

PIETRI, Émerson de. A formação do professor entre a escola e a academia: o estágio supervisionado em ensino de língua portuguesa/língua materna. In: BARZOTTO, Valdir Heitor; PIETRI, Émerson de (orgs.). Estágio, escrita e formação. Campinas: Mercado de Letras, 2018. p. 13-30.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

SEGABINAZI, Daniela Maria; LUCENA, Josete Marinho de. Estágio supervisionado na formação do professor de Língua Portuguesa: desafios e possibilidades. In: CONGRESSO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E CONGRESSO ESTADUAL PAULISTA SOBRE FORMAÇÃO DE EDUCADORES, 4. 14., Lindóia, Anais [...] UNESP, 2018. p. 1-11.

SILVA, Wagner Rodrigues. Estudos do letramento do professor e formação inicial nos estágios supervisionados das licenciaturas. In: SILVA, Wagner Rodrigues (org.). Letramento do professor em formação inicial: interdisciplinaridade no estágio supervisionado da licenciatura. Campinas: Pontes, 2012. p. 27-49.

TANURI, Leonor Maria. História da formação de professores. Revista Brasileira de Educação, n. 14, p. 61-88, maio/ago. 2000.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2006.

UEL. Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão. Resolução CEPE/CA nº 142/2017: reformula o Projeto Pedagógico do Curso de Letras Português – Modalidade: Licenciatura – Habilitação: Língua Portuguesa e Respectivas Literaturas, a ser implantado a partir do ano letivo de 2018. Londrina, 6 dez., 2017.

VALSECHI, Marília Curado; KLEIMAN, Angela Bustos. O estágio supervisionado e a voz social do estagiário. Raído, v. 8, n.15, p. 13-32, jan./jun. 2014.

ZABALZA, Miguel A. O estágio e as práticas em contextos profissionais na formação universitária. São Paulo: Cortez, 2014.

Recebido em 30-01-2021

Revisões requeridas em 31-03-2021

Aceito em 12-04-2021


Biografia do Autor

Núbio Delanne Ferraz MAFRA, Universidade Estadual de Londrina

Possui graduação em Letras pela UFJF (1986), especialização em Planejamento Educacional pela ASOEC (1991), mestrado em Educação pela UFF (1996) e doutorado em Educação, área de Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte, pela UNICAMP (2007), tendo cursado estágio pós-doutoral em Estudos Linguísticos, área de Linguística Aplicada, na UFMG (2013). É professor associado do Departamento de Letras Vernáculas e Clássicas da UEL, com atuação no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem (PPGEL), no Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS), na Especialização em Língua Portuguesa e na Licenciatura em Letras/Português. Tem experiência acadêmica na área de Linguística Aplicada, abordando principalmente os seguintes temas: multiletramentos, ensino de língua portuguesa e formação de professores.

Sheila Oliveira LIMA, Universidade Estadual de Londrina

Professora no Departamento de Letras Vernáculas e Clássicas do CCH da Universidade Estadual de Londrina. Graduada e licenciada em Letras (1994), mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada (2001) e doutora em Linguagem e Educação pela Universidade de São Paulo (2006), possui experiência na área de Educação, com ênfase em Linguagem, atuando principalmente nos seguintes temas: Leitura e Formação do Leitor, Alfabetização, Letramento, Oralidade, Literatura e Infância, Ensino de Língua Portuguesa e de Literatura.

Downloads

Publicado

01-06-2021

Como Citar

MAFRA, N. D. F.; LIMA, S. O. ESTAGIAR: ESTÁGIO DE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA EM EVENTO. Trama, [S. l.], v. 17, n. 41, p. 112–122, 2021. DOI: 10.48075/rt.v17i41.26846. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/26846. Acesso em: 9 dez. 2021.

Edição

Seção

Práticas de Estágio(s) em Discussão