Cultura de massa e formação educacional: mídia e opinião pública

Autores

  • Dinamara Garcia Feldens
  • Rafael Santos Barboza
  • Helena Maria Braz
  • Luana Garcia Feldens Fusaro

Palavras-chave:

Mídia, Educação, Indústria Cultural

Resumo


Utilizamos neste trabalho a revisão bibliográfica para investigar o cenário globalizado atual, alimentado pelas tecnologias de comunicação, levando em conta que a capacidade de alcance das mídias mantém vivo os conceitos de comunicação de massa e indústria cultural da década de 70. Desde o surgimento dessas mídias, começando com os jornais impressos até chegar à internet, o alcance da comunicação de massa só se intensificou. Esse alcance fez com que a mídia ultrapassasse seu papel de transmissora de informação e entretenimento, para ser formadora da opinião pública. Ao longo de décadas, a mídia de grande alcance tem afetado diretamente as relações sociais, influenciando nos processos de aprendizagem, na opinião pública, na constituição de juízos morais e de valores culturais da população. Este artigo propõe uma reflexão sobre os efeitos da mídia na formação e nos processos educacionais dos indivíduos e da massa como senso comum. Por fim, consideramos que a conscientização dos efeitos da mídia torna os seus consumidores menos vulneráveis a eles.

Referências

ADRIAN, Nelson. Cultura de massa ou indústria cultura. 2012. Disponível em: . Acessado em 23/04/2015.

COELHO, Teixeira. O que é indústria cultural. 35. ed. São Paulo, SP: Editora Brasiliense, 1993.

FADUL, Anamaria. Indústria Cultural e Comunicação de Massa. In Centro de Referência em Educação Mário Covas. São Paulo – SP, 2006. Disponível em: . Acessado em: 21/04/2015.

FISCHER, Rosa. Foucault e a análise do discurso em educação. Cadernos de pesquisa, v. 114, p. 197-223, 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/cp/n114/a09n114.pdf>. Acessado em: 04/08/2016.

GIDDENS, Anthony. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

McCOMBS, Maxwell. A Teoria da Agenda: a mídia e a opinião pública. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

MONTEIRO, Silvana Drumond. Semiótica Peirciana e a questão da informação e do conhecimento. Periódicos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 2006. Disponível em: . Acessado em 22/04/2015.

PUCCI, Bruno. Indústria Cultural Hoje: Apresentação. Piracicaba – SP: in, Anais do Congresso Internacional “A industria Cultural Hoje” Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), 2006. Disponível em: . Acessado em 22/04/2015.

RAMALHO, Zé. Admirável Gado Novo. In Zé Ramalho 2, 1980.

ZUIN, Antônio Álvaro Soares. Sobre a atualidade do conceito de Indústria Cultural. In, Cadernos Cedes, ano XXI, nº 54, 2001. Disponível em: . Acessado em 23/04/2015.

Downloads

Publicado

16-08-2016

Como Citar

FELDENS, D. G.; BARBOZA, R. S.; BRAZ, H. M.; FUSARO, L. G. F. Cultura de massa e formação educacional: mídia e opinião pública. Travessias, Cascavel, v. 10, n. 2, p. 262–271, 2016. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/12706. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

EDUCAÇÃO