UM OLHAR SOBRE ALGUNS ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS, SOBRE A ESCOLA E SOBRE ALGUMAS FOTOS QUE PROMOVEM E ESTABELECEM O PRECONCEITO ÉTNICO/RACIAL

Autores

  • Rejane Hauch Tristoni

Palavras-chave:

Conflitos identitários, Preconceito, Estigmatização.

Resumo


Proponho neste artigo a reflexão sobre meios que estabelecem e incentivam o preconceito étnico/racial e, dentre eles, alguns anúncios publicitários, a escola/ livros didáticos e o modelo de algumas bonecas disponíveis em lojas infantis. O objetivo desta reflexão é apresentar que fatos cotidianos, presentes na sociedade brasileira, contribuem para a valorização do branco em detrimento do negro. Fundamento minha reflexão em Hall (2005), Moita Lopes (2002), Signorini(1998), Pennycook(2010) e outros. Tais pesquisadores mostram que não existe uma única identidade, ela não é fixa, ao contrário disso, está em constante transformação e mudança, se constitui ao longo do tempo, por meio de momentos e de contextos como, por exemplo, os anúncios publicitários, as lojas infantis e a escola. Além disso, explicam que a identidade se constitui de uma estrutura social, ou seja, o social influencia a construção da identidade, possibilitando a formação do exterior e do interior do sujeito. Comento, em primeiro lugar, as fotos publicitárias. Em segundo lugar, escrevo sobre o papel da escola e, para isso, comento sobre os livros didáticos diante da construção de identidade. Em terceiro lugar, apresento as fotos de bonecas, fotografadas por mim, em lojas da cidade de Cascavel/PR e, por fim, traço as considerações finais. 

Downloads

Publicado

03-08-2014

Como Citar

TRISTONI, R. H. UM OLHAR SOBRE ALGUNS ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS, SOBRE A ESCOLA E SOBRE ALGUMAS FOTOS QUE PROMOVEM E ESTABELECEM O PRECONCEITO ÉTNICO/RACIAL. Travessias, Cascavel, v. 8, n. 1, 2014. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/9868. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

LINGUAGEM