CONFORMIDADE NA IDENTIFICAÇÃO DE DISPOSITIVOS UTILIZADOS NA ASSISTÊNCIA HOSPITALAR

Autores

  • Letícia da Silva Schran Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE https://orcid.org/0000-0003-2605-9150
  • Camila Girardi Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Carine Feldhaus Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Mayara Aparecida Passaura da Luz Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Vanessa Bordin Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE
  • João Lucas Campos de Oliveira Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Anair Lazzari Nicola Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE

DOI:

https://doi.org/10.48075/vscs.v3i2.17967

Palavras-chave:

Sistemas de identificação de pacientes, Segurança do paciente, Indicadores de qualidade em assistência à saúde, Gestão da qualidade, Enfermagem.

Resumo


Objetivo: Verificar a conformidade na identificação de dispositivos utilizados na assistência ao paciente hospitalizado. Materiais e Métodos: Estudo descritivo, observacional, de abordagem quantitativa. Foi realizado com uma amostra elegível (n=82) de pacientes internados em três setores de um hospital universitário público. A conformidade na identificação dos dispositivos observada in loco foi apreciada pelos critérios do Procedimento Operacional Padrão da instituição pesquisada, analisada em percentual. Resultados: Entre os pacientes, 328 dispositivos foram observados. Do total, 169 estavam identificados corretamente. Sobressaíram os seguintes achados: nenhuma conformidade para identificação de máscaras para oxigenoterapia e nebulização; e, total conformidade para cateteres vesicais de demora. Outros resultados de conformidade foram: cateteres venosos centrais (75,0%); cateteres venosos periféricos (63,0%); equipos de soro (11,7%); equipos de dieta (30,0%), entre outros. Conclusão: A conformidade de identificação de dispositivos não corresponde às recomendações. Há espaço para melhorias para segurança do paciente, com maior urgência entre dispositivos para infusão venosa e suporte de oxigênio.

Biografia do Autor

Letícia da Silva Schran, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Enfermeira. Pós-Graduanda no Programa de Residência em Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Cascavel, Paraná, Brasil.

Camila Girardi, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Enfermeira. Pós-Graduanda no Programa de Residência em Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Cascavel, Paraná, Brasil.

Carine Feldhaus, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Enfermeira. Pós-Graduanda no Programa de Residência em Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Cascavel, Paraná, Brasil.

Mayara Aparecida Passaura da Luz, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Enfermeira. Pós-Graduanda no Programa de Residência em Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Cascavel, Paraná, Brasil.

Vanessa Bordin, Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE

Enfermeira. Pós-Graduanda no Programa de Residência em Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Cascavel, Paraná, Brasil.

João Lucas Campos de Oliveira, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Enfermeiro. Mestre. Doutorando no Programa de Pós-Graduação de Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Docente colaborador dos cursos de Graduação em Enfermagem e Residência em Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Cascavel, Paraná, Brasil.

Anair Lazzari Nicola, Universidade Estadual do Oeste do Paraná- UNIOESTE

Doutora em Enfermagem Fundamental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Professora Associada, nível A, do Curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Oeste do Paraná e Coordenadora do Programa de Residência em Enfermagem na especialidade Gerenciamento de Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica. Docente na área de Gerenciamento em Enfermagem. Cascavel, Paraná, Brasil.

Downloads

Publicado

29-12-2017

Como Citar

SCHRAN, L. da S.; GIRARDI, C.; FELDHAUS, C.; LUZ, M. A. P. da; BORDIN, V.; OLIVEIRA, J. L. C. de; NICOLA, A. L. CONFORMIDADE NA IDENTIFICAÇÃO DE DISPOSITIVOS UTILIZADOS NA ASSISTÊNCIA HOSPITALAR. Varia Scientia - Ciências da Saúde, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 201–212, 2017. DOI: 10.48075/vscs.v3i2.17967. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/variasaude/article/view/17967. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

II SIMPÓSIO DA QUALIDADE EM SAÚDE E VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA