TRAJETÓRIAS DO ENSINO NO BRASIL: CRISES HERDADAS E FUTURO INCERTO

Mariana Duarte

Resumo


 O presente ensaio foi elaborado como avaliação final da disciplina de História da Leitura e da Escrita no Brasil, ministrada pela professora doutora Marília Conforto no período do primeiro semestre letivo de 2014, pelo Programa de Doutorado em Letras UCS/Associação Ampla UniRitter. O trabalho consiste em uma breve abordagem acerca da história da leitura, da escrita e do ensino no país, apropriando-se também de questionamentos sobre quem é e como foi formado o público leitor brasileiro assim como os entraves da educação na pós-modernidade, e, a partir do estudo da obra A sociedade individualizada de Zygmunt Bauman, em especial nas Universidades assim como os desafios mediante a revolução tecnológica.


Palavras-chave


Leitura, Escrita, Ensino, História, Brasil.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Alamedas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Alamedas - Revista Eletrônica de Filosofia


e-ISSN 1981-0253

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Toledo

Rua da Faculdade, 645 - Jardim La Salle

CEP: 85903-000 – Toledo-Paraná-Brasil

Fone: (45) 3379-7071

| revistaalamedas@gmail.com |