A IDENTIDADE E A CULTURA DO CONSUMO : UM ESTUDO DE MERCADO DE CONSUMO VOLTADO PARA O TRADICIONALISMO NA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

LUIS ADRIANO RODRIGUES, JULIANO NUNES ALVES, SANDRO DA LUZ MOREIRA, ARCIEL DILLY

Resumo

O presente trabalho busca analisar a cultura de consumo tradicionalista, identificando se esta está presente em uma identidade cultural tradicionalista gaúcha presente na região. Trabalhando os temas de cultura, consumo, cultura do consumidor e tradicionalismo, através de uma pesquisa das ideias vinculadas ao tradicionalismo com proprietários e funcionários e clientes de lojas de produtos tradicionalistas na cidade de Cruz Alta, Rio Grande do Sul. A pesquisa é de caráter exploratório, qualitativa, permitindo a compreensão da realidade, para tanto foram realizadas entrevistas semi-estruturadas. Destas, teve-se valores e símbolos, ideias e aspirações orientando em relação à cultura do consumo, através de influência de centros tradicionalistas que sugerem o que é aceitável dentro da cultura tradicional gaúcha, e portanto, o que pode ser consumido por aqueles que se identificam com este tradicionalismo. Além disto, foi verificado um elo entre as pessoas inseridas no contexto, onde o tradicionalismo é repassado através das relações interpessoais, e o consumo de produtos tradicionalistas é percebido como parte do simbolismo e uma forma de viver a cultura tradicionalista no cotidiano. 

Palavras-chave

Tradicionalismo. Cultura do consumo. Identidade cultural.

Texto completo:

PDF