BEM-ESTAR DE DOCENTES UNIVERSITÁRIOS: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Júlia Trevisan Martins, Renata Perfeito Ribeiro, Benedita Gonçalves de Assis Ribeiro, Maria Lucia do Carmo Cruz Robazzi, Eugenia Velludo Veiga

Resumo

Objetivo: analisar as produções científicas sobre a temática bem-estar entre docentes universitários. Materiais e métodos: revisão integrativa da literatura na qual a busca dos estudos primários foi realizada nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, US National Library of Medicine National Institutes of Health, Cochrane Library e Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, envolvendo estudos publicados entre 2000 a 2015. Resultados: a amostra final foi composta por três estudos, incluindo os transversais publicados em periódicos brasileiros. Nos estudos analisados, identificou-se o nível seis de evidência científica, tendo como abordagem o bem-estar subjetivo, psicológico e o bem-estar no trabalho. Conclusão: há estudos escassos e com baixo nível de evidência científica. A satisfação no trabalho propicia o bem-estar e a qualidade de vida dos docentes, tanto na vida pessoal como na profissional.

Descritores: Docentes; Universidades; Qualidade de vida.

Palavras-chave

Docentes; Bem-estar

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários