A NOÇÃO DE PENSAMENTO EM DESCARTES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/ra.v9i2.28148

Palavras-chave:

Descartes. Filosofia Moderna. Noção de pensamento.

Resumo


Neste artigo, procuramos introduzir o leitor às noções imprescindíveis para a compreensão da noção de pensamento em Descartes. A noção marca o modo de pensar do ocidente, mas, embora seu nome tenha sido popularizado, sua filosofia é reproduzida com desfalques significativos por reiteradas vezes. Tem seus elementos tratados superficialmente ou é contemplada por extensas discussões que se dedicam a meandros técnicos alcançados apenas por especialistas. Em ambos casos, notamos nisso um problema. Sendo uma filosofia que serve de gênese a toda discussão que a sequenciou, a clarificação de seus elementos imprescindíveis é um ganho ao âmbito acadêmico e popular. Por isso, tematizamos a noção de pensamento – noção central à sua filosofia – a partir das Meditações, obra capital da metafísica cartesiana. Nossa metodologia, entretanto, visa recorrer também ao Discurso do Método, às segundas objeções e respostas – um apêndice do texto original das Meditações – e à primeira parte dos Princípios da Filosofia. Queremos entregar ao leitor um espectro fiel à coerência a obra como um todo. As Meditações trazem concepções implícitas, que tais obras elucidam com propriedade. Ao final, concluiremos quais os elementos indispensáveis à noção de pensamento em Descartes e daremos uma compreensão rigorosa e abrangente da noção em tela.

Biografia do Autor

Geder Paulo Friedrich Cominetti, Instituto Federal do Paraná Unioeste

Docente efetivo no IFPR. Doutorando em filosofia Unioeste. Advogado (OAB/PR 83.393). Especialista em EAD.

Downloads

Publicado

25-12-2021

Como Citar

RUIZ, L. T. N.; COMINETTI, G. P. F. A NOÇÃO DE PENSAMENTO EM DESCARTES. Alamedas, [S. l.], v. 9, n. 2, 2021. DOI: 10.48075/ra.v9i2.28148. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/alamedas/article/view/28148. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios