O Significado da Crise da Sociedade Contemporânea

Autores

  • Reinaldo Furlan

DOI:

https://doi.org/10.48075/aoristo.v1i1.16525

Resumo


O objetivo do artigo é trazer o debate de alguns autores sobre a crise atual da sociedade ocidental contemporânea, a partir de três questões que nos parecem discriminar parte considerável dos seus principais problemas: a autonomização da economia, a razão instrumental e a decadência cultural. Com a primeira e a segunda questão se acusam os riscos da separação da economia, da ciência e da técnica diante das necessidades da vida, e com a terceira se acusa nosso estado atual de impotência para responder a tais desafios. O objetivo é fomentar a discussão crítica desses problemas, que nos parecem questões incontornáveis no presente de nossas vidas.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

FURLAN, R. O Significado da Crise da Sociedade Contemporânea. Aoristo - International Journal of Phenomenology, Hermeneutics and Metaphysics, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 159–187, 2000. DOI: 10.48075/aoristo.v1i1.16525. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/aoristo/article/view/16525. Acesso em: 24 jun. 2022.