Do Lebenswelt ao Dasein : condições filosóficas para o método fenomenológico

Autores

  • Luciane Luisa Lindenmeyer

DOI:

https://doi.org/10.6394/aoristo.v2i4.27985

Resumo


Este artigo aborda as correspondências e distinções entre as noções de Lebenswelt husserliana e de
Dasein heideggeriana a fim de destacar as condições conceituais para uma caracterização do método
especificamente fenomenológico. O Lebenswelt, ou mundo da vida, corresponde à dimensão cultural
e histórica da vida, onde as subjetividades são constituídas intersubjetivamente. O Dasein, por sua
vez, refere-se à condição de ser-no-mundo que compõe a existência de todo indivíduo. É a partir da
nossa capacidade de autorreflexão, de ponderação sobre nossa condição de presença no mundo que
nossa existência adquire singularidade em relação aos outros entes. Neste estudo comparativo entre
essas duas noções de projetos fenomenológicos, em grande medida, destoantes, apresentamos suas
distinções e equivalências como caracteres do método fenomenológico

Downloads

Publicado

22-08-2021

Como Citar

LINDENMEYER, L. L. Do Lebenswelt ao Dasein : condições filosóficas para o método fenomenológico. Aoristo - International Journal of Phenomenology, Hermeneutics and Metaphysics, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 230–240, 2021. DOI: 10.6394/aoristo.v2i4.27985. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/aoristo/article/view/27985. Acesso em: 9 dez. 2021.