GIUBILATO, G. J. Freiheit und Reduktion. Grundzüge einer phänomenologischen Meontik bei Eugen Fink (1927-1946). Nordhausen: Traugott Bautz, 2017, 262p.

Autores

  • Cathrin Nielsen

DOI:

https://doi.org/10.6394/aoristo.v2i4.27988

Resumo


O notável estudo de Giovanni Jan Giubilato, publicado na série Ad Fontes da
editora Bautz (Alemanha), trata da exposição e da explicitação detalhada de uma
relação que, embora apareça parcialmente já em Husserl, manifesta-se explicitamente
no pensamento de seu aluno e último assistente Eugen Fink: a relação dialética de
mútua dependência entre redução e liberdade.

Biografia do Autor

Cathrin Nielsen

Professor adjunto do Departamento de Filosofia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE.

Downloads

Publicado

22-08-2021

Como Citar

NIELSEN, C. GIUBILATO, G. J. Freiheit und Reduktion. Grundzüge einer phänomenologischen Meontik bei Eugen Fink (1927-1946). Nordhausen: Traugott Bautz, 2017, 262p. Aoristo - International Journal of Phenomenology, Hermeneutics and Metaphysics, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 311–314, 2021. DOI: 10.6394/aoristo.v2i4.27988. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/aoristo/article/view/27988. Acesso em: 9 dez. 2021.