PRÁTICAS PARENTAIS E COMPORTAMENTOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: REVISÃO DE ESTUDOS EM LÍNGUA PORTUGUESA

Autores

  • Vanessa Aparecida Hecavei

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v17i25.14868

Palavras-chave:

Práticas educativas, Relações pais-filhos, Comportamento do adolescente, Criança

Resumo


As práticas educativas parentais (PEP) têm sido consideradas determinantes primários do desenvolvimento de diversos comportamentos de crianças e adolescentes. Esse trabalho realizou uma revisão sistemática da literatura em língua portuguesa envolvendo a temática das PEP, buscando conhecer os objetivos, metodologia empregada, instrumentos utilizados e resultados de tais estudos.  Foram selecionados 110 estudos, dos quais88 foram artigos. Do geral de estudos analisados, a maioria utilizou método quantitativoe, para coleta de dados, instrumentos de autorrelato, respondido, na maior parte das vezes, pelos pais. A partir dos objetivos dos estudos foram compostas 12 categorias de análise. Os resultados demonstraram haver áreas ainda pouco exploradas da temática, como a relação entre PEP e desempenho acadêmico, desenvolvimento do comportamento moral, representações sociais, entre outras. Conclui-se que apesar dos vários estudos encontrados, ainda existem lacunas no estudo das relações entre PEP e comportamento de crianças e adolescentes.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

HECAVEI, V. A. PRÁTICAS PARENTAIS E COMPORTAMENTOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: REVISÃO DE ESTUDOS EM LÍNGUA PORTUGUESA. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 17, n. 25, p. 164, 2000. DOI: 10.48075/rfc.v17i25.14868. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/14868. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos