VISÃO DE MUNDO E AGROECOLOGIA: O CASO DOS AGRICULTORES DE MEDIANEIRA - PARANÁ

Autores

  • Evandro De Oliveira
  • Adilson Francelino Alves

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v19i29.17915

Palavras-chave:

Cultura, Agroecologia, produtores rurais

Resumo


Observando a paisagem da agricultura do Oeste do Paraná tomado pela agricultura convencional é difícil acreditar que algum agricultor opte pela agroecologia. Todas as evidências econômicas, técnicas e produtivas estão contra essa decisão. No entanto um pequeno grupo de agricultores se mantém fiéis a esse tipo de agricultura. Este artigo parte então da seguinte pergunta por que praticar a agroecologia? E por que, depois de aderir a ela alguns desistem? Para dar conta dessa pergunta optamos por explicitar a voz dos próprios atores, adotando uma metodologia que evidenciasse a interação entre visão de mundo e agroecologia, ou seja, quais fatores culturais, sociais, econômicos influenciam produtores rurais a adotarem e manterem a agroecologia, bem como também não adotarem e não manterem a mesma. Para isso utilizamos como metodologia de pesquisa o Método Documentário, proposto por Karl Mannheim no início do século XX, que se propõe a analisar como se forma a visão de mundo e como ela orienta as ações dos sujeitos. Quando foi proposta essa metodologia rompia com a visão positivista que imperava nas ciências sociais da época e ainda hoje tem capacidades explicativas muito úteis que procuraremos demonstrar no artigo.

Biografia do Autor

Evandro De Oliveira

Evandro de Oliveira

Doutorando no programa de pós-graduação interdisciplinar em ciências humanas  

Adilson Francelino Alves

Doutor em Ciências Humanas - UFSC.

Professor  associado da Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Downloads

Publicado

14-09-2018

Como Citar

OLIVEIRA, E. D.; ALVES, A. F. VISÃO DE MUNDO E AGROECOLOGIA: O CASO DOS AGRICULTORES DE MEDIANEIRA - PARANÁ. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 19, n. 29, p. 09, 2018. DOI: 10.48075/rfc.v19i29.17915. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/17915. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos