NOTIFICAÇÃO DE INTOXICAÇÃO POR AGROTÓXICOS: DESAFIOS PARA A ENFERMAGEM NO OESTE DO PARANÁ

Autores

  • Juliane Vanderlinde Hort Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste. Doutoranda
  • Alvorí Ahlert Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste. Professor

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v22i35.23970

Palavras-chave:

Agrotóxicos, Intoxicações, Vigilância em Saúde, Enfermagem

Resumo


Os agrotóxicos podem originar intoxicações agudas, subagudas e crônicas, desencadeando uma grave questão de saúde pública no Brasil e no oeste do Paraná, região de intenso uso de agrotóxicos. Buscando fazer o levantamento de informações para verificar a eficácia do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), Intoxicação Exógena/Agrotóxicos, este documento trás resultados de uma pesquisa realizada com profissionais enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Pronto Atendimento da 20ª regional da Saúde de Toledo – PR. Ao confrontar dados, percebe-se a existência de prováveis subnotificações de intoxicações por parte da equipe de saúde. Viu-se também a necessidade de atualizar os profissionais em relação ao correto preenchimento e conhecimento dos agravos em saúde relacionados aos agrotóxicos. Conclui-se que existe a falta de suporte teórico e padronização adequada na área de saúde que favorecem o exercício profissional imperito, negligente e até imprudente, cujos resultados podem gerar danos à clientela e problemas legais e éticos aos profissionais da saúde.

 

Biografia do Autor

Juliane Vanderlinde Hort, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste. Doutoranda

Doutoranda e Mestre em Desenvolvimento Rural Sustentável, professora de Ciências e Biologia, e Enfermeira e  Bióloga.

Downloads

Publicado

08-10-2020

Como Citar

HORT, J. V.; AHLERT, A. NOTIFICAÇÃO DE INTOXICAÇÃO POR AGROTÓXICOS: DESAFIOS PARA A ENFERMAGEM NO OESTE DO PARANÁ. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 22, n. 35, p. 65, 2020. DOI: 10.48075/rfc.v22i35.23970. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/23970. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos