ANÁLISE DA RENTABILIDADE DAS MAIORES COOPERATIVAS AGROINDUSTRIAIS BRASILEIRAS NO ANO DE 2016 POR MEIO DA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS

Autores

  • Wanderson Dutra Gresele Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Franklin Ângelo Krukoski Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Danieli Inês Reitz

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v22i35.24815

Palavras-chave:

Cooperativas, Eficiência, Análise Envoltória de Dados

Resumo


O objetivo desta pesquisa é identificar e analisar as cooperativas agroindustriais brasileiras que apresentaram melhores desempenhos em 2016, a partir da Análise Envoltória de Dados. A escolha dos inputs e outputs deu-se com base método de análise de rentabilidade denominado sistema Du Pont. Após a sintetização dos inputs e outputs e aplicação do método de seleção de variáveis I-O Stepwise Exaustivo Completo, estabeleceram-se como inputs sobras líquidas, ativo total, passivos e patrimônio líquido e como output o retorno sobre o capital empregado. Após a aplicação do modelo DEA-BBC, orientado a outputs, destacaram-se como eficientes as cooperativas Holambra, Coamo, Cooxupé, Coopavel e Copagril, com destaque a primeira, eficiente tecnicamente e em escala. Foram identificadas as cooperativas ineficientes e sugeridos benchmarks.

Downloads

Publicado

08-10-2020

Como Citar

GRESELE, W. D.; KRUKOSKI, F. Ângelo; REITZ, D. I. ANÁLISE DA RENTABILIDADE DAS MAIORES COOPERATIVAS AGROINDUSTRIAIS BRASILEIRAS NO ANO DE 2016 POR MEIO DA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 22, n. 35, p. 160, 2020. DOI: 10.48075/rfc.v22i35.24815. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/24815. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos