PROFESSORA ONDINA PEREIRA FOLDA (1923 – 2017): ITINERÁRIOS DE UMA EDUCADORA EM LARANJEIRAS DO SUL -PR.

Autores

  • Lucimara Lemiechek Universidade Federal da Fronteira Sul

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v22i35.24858

Palavras-chave:

biografia, conhecimento, Educação Escolar Pública, História da Educação

Resumo


Situado no campo da História da Educação, este artigo relata a trajetória pessoal e profissional de Ondina Pereira Folda (1923 – 2017) destacando seu papel na área educacional de Laranjeiras do Sul-PR entre as décadas de 1940 a 1980. Em meados do século XX o isolamento da região, causado pela falta de estradas e incipientes meios de comunicação, agravava a precariedade de oportunidades educacionais e oferta de políticas públicas. O objetivo deste trabalho é retratar os desafios pessoais e coletivos que a tornaram uma das mais relevantes educadoras do município numa perspectiva que ultrapassa as fronteiras da sala de aula e transcendem o fazer pedagógico. A metodologia utilizada é a revisão bibliográfica e análise de entrevistas e fontes documentais. Conclui-se que o apurado senso crítico e sensibilidade aos problemas sociais alicerçaram suas ações buscando a melhoria nas condições das escolas, ampliação da oferta educacional, formação adequada aos docentes e incentivo a atividades formativas para além dos espaços escolares.

Biografia do Autor

Lucimara Lemiechek, Universidade Federal da Fronteira Sul

Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Centro Oeste (UNICENTRO)
Mestra em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) campus Francisco Beltrão
Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Downloads

Publicado

08-10-2020

Como Citar

LEMIECHEK, L. PROFESSORA ONDINA PEREIRA FOLDA (1923 – 2017): ITINERÁRIOS DE UMA EDUCADORA EM LARANJEIRAS DO SUL -PR. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 22, n. 35, p. 09, 2020. DOI: 10.48075/rfc.v22i35.24858. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/24858. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos