ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL: O COMBATE À EVASÃO ESCOLAR NA PANDEMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v23i38.27737

Palavras-chave:

Evasão Escolar, Orientador Educacional, Pandemia

Resumo


O presente trabalho trata-se de uma pesquisa qualitativa com orientadores educacionais da rede estadual de ensino sobre o seu papel no combate à evasão escolar com foco no período após o início da pandemia pelo COVID-19. Através desse estudo, procuramos conhecer a praxe laboral desse profissional e entender como se dá a sua atuação para combater a evasão, não somente após a pandemia, como também em sua realidade anterior a ela, e ainda, suas perspectivas para o período pós pandêmico. Mesmo em um quadro totalmente novo e incerto em relação ao futuro, devido o início da pandemia, perceberemos o quanto esses profissionais foram capazes de se adaptar, através da apropriação do uso das tecnologias, ainda que não o fizessem antes desse período, e superar seus próprios anseios e incertezas afim de um bem maior que é o de oportunizar a melhor qualidade de atendimento possível para seus estudantes e comunidade escolar.

Biografia do Autor

Daiane Rodrigues Gago, Universidade Federal do Rio Grande

Bacharel em Letras (Língua Portuguesa) pela Universidade Federal do Rio Grande

Silvana Corbellini, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora adjunta da área da Psicologia da Educação do Departamento de Estudos Básicos da Faculdade de Educação da Unviersidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

27-10-2021

Como Citar

RODRIGUES GAGO, D. .; CORBELLINI, S. ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL: O COMBATE À EVASÃO ESCOLAR NA PANDEMIA. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 23, n. 38, 2021. DOI: 10.48075/rfc.v23i38.27737. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/27737. Acesso em: 9 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos