TERRITÓRIO E EXPANSÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL CALÇADISTA NO CEARÁ

Autores

  • Edilson Pereira Júnior

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v15i21.8727

Palavras-chave:

Território, indústria de calçados, Ceará

Resumo


A relação entre território e acumulação industrial é o tema do artigo. O recorte empírico privilegia o estado do Ceará, entre outros motivos porque este território reúne os elementos apropriados de efetivação da acumulação ampliada na indústria. A produção calçadista é tomada como exemplo, pois depende da incorporação de novos territórios para garantir a expansão das suas margens de rentabilidade. Com a emergência do processo de globalização, ocorre um impacto nos circuitos espaciais da produção de calçados, que passam a ser segmentados no território e produzem diferentes padrões de competitividade até resultarem em novas relações com fornecedores e com o próprio trabalhador da linha de produção. O Ceará é escolhido então como um ambiente apropriado para a instalação de novas plantas, confirmando que a organização de um espaço demarcado por uma lógica descontínua, ao mesmo tempo fragmentada e articulada, reafirma um conjunto de forças estruturais que moldam a atual modernização econômica no Brasil.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

PEREIRA JÚNIOR, E. TERRITÓRIO E EXPANSÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL CALÇADISTA NO CEARÁ. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 15, n. 21, p. 35, 2000. DOI: 10.48075/rfc.v15i21.8727. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/8727. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos