VIOLÊNCIAS DIFUSAS, EDUCAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DEMOCRÁTICA NO BRASIL: RELAÇÕES E DESAFIOS

Autores

  • Eduardo Nunes Jacondino

DOI:

https://doi.org/10.48075/rfc.v15i22.9143

Palavras-chave:

Estado democrático de direito, violências difusas, modernidade tardia, cidadania

Resumo


O artigo apresenta análises teóricas, desenvolvidas em tese de doutorado, sobre os desafios postos para o Brasil, Estado democrático de direito, diante das diversas formas de violência presentes no tecido social. Fenômeno característico de sociedades que estariam passando por mudanças comportamentais/culturais, caracterizadas pelo conceito de modernidade tardia, por meio das quais valores e instituições tradicionais perdem força e os antigos referenciais de proteção e de socialização dos indivíduos arrefecem, gerando uma condição por meio da qual fissuras sociais parecem tomar corpo. O que, em tese, apresentaria dificuldades para a implantação de padrões sociais efetivamente embasados nos preceitos democráticos e na garantia dos direitos dos cidadãos.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

JACONDINO, E. N. VIOLÊNCIAS DIFUSAS, EDUCAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DEMOCRÁTICA NO BRASIL: RELAÇÕES E DESAFIOS. Revista Faz Ciência, [S. l.], v. 15, n. 22, p. 11, 2000. DOI: 10.48075/rfc.v15i22.9143. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/fazciencia/article/view/9143. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos